O estadual mais tradicional do país vem com mudanças para 2020

0
272

O campeonato mais tradicional do país chega a sua décima quinta edição com grandes alterações em sua fórmula de disputa.

A primeira fase do torneio contará com apenas 4 equipes – Blumenau Vikings, Brusque Weavers, Itajaí Almirantes e Joinville Gladiators. Após jogarem todos contra todos, os dois melhores classificados disputarão o wild card contra Gaspar Black Hawks e Jaraguá Breakers – times eliminados nas semifinais de 2019. Os vencedores se classificam às semifinais com São José Istepôs e T-Rex, finalistas do ano passado.

>>>Confira a tabela completa do campeonato catarinense 2020<<<

Equipes participantes

Timbó Rex


O Timbó Rex é atual pentacampeão estadual e vice da BFA Elite, e estreará no catarinense 2020 somente nas semifinais. Bruno Takahashi, CEO, comenta que esse prazo permitirá a lapidação dos novos jogadores recebidos pela equipe através da seletiva online e da parceria com a equipe do Indaial Bugios. “O nome do T-Rex Sport Academy é um chamariz para novos atletas e com certeza é um dos nossos objetivos pegar atletas novos e fazer um desenvolvimento […] Temos ainda três meses antes da estreia na temporada, isso acaba facilitando, já que temos essa janela para poder fazer esse desenvolvimento de forma mais linear”, acrescenta.

Questionado sobre o resultado no último Brasil Bowl, Takahashi aprofunda a análise do calendário, comentando o longo período de treinamentos e jogos entre Fevereiro e Dezembro pelo qual a equipe passou nos últimos anos. “A nossa periodização acaba sendo muito extensa. Se colocarmos isso em uma linha do tempo, podemos perceber que o índice de lesões acaba ficando muito alto no fim do ano, mesmo você planejando tudo para que o atleta chegue com mais potência, mais força no final do ano, a gente entende que acaba sendo prejudicial também”, complementa.

Ainda citou a perda de algumas peças do setor de Especialistas durante o Brasil Bowl e as mudanças na Linha Ofensiva, com destaque para a ausência do Otávio Amorim devido à exigência do programa de seleção da NFL. Para 2020, Takahashi enxerga boas perspectivas para a equipe. “Como um programa consolidado, a gente tem que formar novos atletas, formar uma nova gestão, nos reconstruir todos os anos para sermos sempre uma versão melhor do programa a cada ano. Então podem esperar sempre uma versão nova do T-Rex nesta temporada. Nós vamos com muita força para 2020”, finaliza.

Istepôs FA


O Istepôs FA é bicampeão estadual em 2013 e 2014 e provavelmente esteja passando pelo pior momento da sua história, com o rebaixamento para a BFA Acesso 2020. No entanto, graças ao resultado no catarinense 2019, também entrará no torneio somente nas semifinais.

Vinícius Hames, presidente da equipe, comenta que o maior período de off season permitiu um planejamento mais organizado, iniciando com períodos mais voltados ao desenvolvimento físico e técnico, para posteriormente iniciar a instalação de playbook e situações de jogo.

Também comentou que o plantel está passando por muitas mudanças para a nova temporada. “Estamos em um grande processo de reestruturação, principalmente de métodos. Sabemos que isso leva um tempo pra surtir o efeito desejado, então vamos precisar de muita paciência, resiliência e confiança pra atingir nossos objetivos na temporada”, finaliza.

Gaspar Black Hawks


O Gaspar Black Hawks se consolidou em 2019 como uma das grandes forças do sul do país, conquistando a vaga nos playoffs da BFA Elite logo no primeiro ano de disputa. Luiz Gustavo Goedert, o Guga, safety e vice presidente, reconhece que essa campanha foi uma boa “vitrine” para a equipe.

“Já vínhamos tendo uma boa repercussão desde 2018 quando fizemos uma bela campanha na liga nacional, mas sem dúvida alguma a vaga nos playoffs no primeiro ano de elite chamou a atenção de todos. A participação na elite deu muita experiência para os jogadores e até para a diretoria em si, tanto dentro de campo como fora dele. Sem dúvida alguma esperamos e estamos trabalhando para que 2020 seja um ano ainda melhor que foi 2019 para surpreendermos ainda mais o resto do Brasil”, complementa.

A equipe chegou às semifinais do estadual nos últimos três anos, quando foi rotulada por muitos como favorita a chegar ao SC Bowl, mas esbarrou em Istepôs por duas vezes e T-Rex uma vez. “Esse ano decidimos utilizar as derrotas anteriores como aprendizado para evitar que isso ocorra novamente. Nosso maior foco é o nacional no segundo semestre, mas é inevitável dizer que queremos o título estadual. A diretoria juntamente com o Coach Caião está trabalhando forte o psicológico dos atletas para estar preparado para essa “pressão” e para deixarmos de ser o time do “quase” no catarinense”, finaliza.

Jaraguá Breakers

O Jaraguá Breakers, campeão do Torneio Touchdown 2013, foi apontado por muitos como virtual rebaixado para a BFA Acesso, mas conseguiu manter sua posição na elite nacional após derrotar o tradicional Istepôs. Everton Gnewuch, presidente, cita que “… se criou um grupo de intelectuais do FABR que tem desafiado não só o Breakers como outras equipes do Brasil, mas isso acontece e vai continuar acontecendo”.

Questionado sobre o processo de desenvolvimento e renovação do elenco, Everton comenta que o time está buscando extrair o melhor dos atuais jogadores, visando entregar o seu melhor para continuar demonstrando a força do futebol americano de Santa Catarina e “surpreendendo quem não conhece nosso estado”, em suas palavras.

Itajaí Almirantes


O Itajaí Almirantes é novato no campeonato, mas tem como base o antigo Itajaí Dockers, que havia disputado duas edições do torneio. A equipe conquistou a Copa Sul no final de 2019 e, segundo Flamarion de Bona Sartor, presidente, manteve a base do elenco para a atual temporada, incluindo o icônico quarterback Igor Clemes.

Graças a isso e a chegada de alguns reforços pontuais, Flamarion indica que a equipe tem como objetivo alcançar o wild card e, com maior entrosamento, buscar a semifinal e até uma possível final. “Porém, temos consciência de que a caminhada é longa e precisamos focar sempre no próximo adversário. Agora nossas atenções estão todas voltadas para o jogo de estreia contra o Brusque Weavers”, completa.

Joinville Gladiators


O Joinville Gladiators possui três títulos estaduais, conquistados entre 2009 e 2011, e disputou torneios a nível nacional até 2017. No entanto, a equipe vem de duas temporadas seguidas sem conquistar vitórias (9 partidas seguidas incluindo o final de 2017).

No entanto, Marcelo Roberto da Silveira, presidente da equipe, se demonstra confiante com o processo de restruturação pelo qual o time passou, incluindo a contratação do treinador Mike Seans, com passagens por equipes de São Paulo e Minas Gerais.

“Com certeza estamos confiantes com as novas tácticas de jogo que o Mike trouxe.. Estamos com uma base que se manteve em 90%, chegaram algumas edições com experiência e uma boa leva de novatos. Nossa comissão técnica cresceu muito em experiência, e assim acredito que vamos ter um bom desempenho neste catarinense.”, completa.

Blumenau Vikings


O Blumenau Vikings estreou em competições no estadual de 2019, conquistando sua primeira vitória da história contra o Joinville Gladiators. “Sabíamos que seria extremamente complicado pois faríamos nossa estreia em campeonatos oficiais e na nossa chave teríamos dois times de BFA [Rexhttp://www.salaooval.com.br/times/timbo-rex/ e Black Hawks], mas seria um aprendizado trocar tinta de capacete com eles e realmente foi”, comenta Ricardo Corrêa, diretor de futebol da equipe.

No segundo semestre, de forma inesperada para muitos, alcançou a final da Copa Sul 2019 após a chegada do coach Bertu Fernandes, com experiência exitosa no extinto Itapema White Sharks. “Ele é um técnico com uma bagagem e com um entendimento do jogo muito grande que levou o time a um novo patamar. Desde o início do trabalho, o Bertu disse que tínhamos um plantel que poderia surpreender. Pois o HC Thiago [Farias, ex-atleta do Brasil Onças] havia feito um excelente trabalho ensinando o FA aos nossos atletas (95% nunca tinha jogado nem treinado FA), bastava acreditar no ele. E acreditaram e surpreendemos”, acrescenta Ricardo.

Por fim, Ricardo comenta que o planejamento da equipe para 2020 é fazer boa campanha no catarinense, com foco no wild card e na preparação para a disputa da BFA Acesso no segundo semestre.

Brusque Weavers


Brusque Weavers estreou em competições no estadual 2019 e conquistou sua primeira vitória durante a Copa Sul no segundo semestre. Para Tiago Martins, atleta da equipe, esse triunfo aumentou o ânimo do grupo, que imediatamente se focou para o desenvolvimento da temporada 2020.

“Posso te dizer que o que verão esse ano é um time totalmente diferente do que Brusque teve até agora. Os atletas que se mantiveram na equipe estão com os pensamentos renovados e preparados para defender nosso escudo, mais uma vez dentro de campo”, acrescenta.

Tiago cita que a equipe sofreu algumas baixas, mas uma seletiva recente trouxe bons resultados. Além disto, também houve reforços na comissão técnica e retorno de alguns veteranos que estavam “aposentados”. Com isso, a expectativa é para classificação ao wild card e, até mesmo, às semifinais.

“Sabemos que nossa região comporta equipes de altíssima qualidade, mas estaremos lutando para conquistar nosso espaço no cenário estadual, tão quanto nacional futuramente”, finaliza.

Retrospecto

O maior campeão catarinense, com cinco títulos, todos eles conquistados nas últimas cindo temporadas, é o Timbó Rex. A cidade que tem mais conquistas no estadual é Joinville, com três títulos do Gladiators e três do Panzers, seis no total.

Já o time que pode ser considerado o mais tradicional é o Istepôs FA, a equipe da região da capital catarinense esteve presente em todas as finais desde que o campeonato passou a ser jogado com equipamentos, ou seja, desde 2009 o Istepôs chega ao SC Bowl.

SC Bowl 

Confira os compactos dos dois últimos SC Bowls, que estão disponíveis no canal do salão oval no youtube.

>>>Confira a tabela completa do campeonato catarinense 2020<<<

*Com Maurício da Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here