Brasil Bowl XI já tem data: 12 de dezembro, com transmissão da ESPN

0
151
O time da Paraíba ergueu mais um título de Brasil Bowl e entrou para hall de bicampeões nacionais. Foto: Richard Ferrari

A Liga BFA estará na tela dos canais ESPN em 2020. A renovação da parceria foi sacramentada na tarde desta quinta-feira (13) em reunião na sede da ESPN, em São Paulo. Participaram do encontro Marcelo Bruno, presidente da BFA, Lucas Rossetti, diretor esportivo da Liga BFA, Brunno Coppini, produtor da ESPN Brasil, além de executivos do canal.

Para esta temporada, a parceria seguirá os mesmos moldes de 2019. Tanto as semifinais nacionais quanto a final feminina serão exibidos em compactos de uma hora na programação da ESPN, culminando com a transmissão ao vivo do Brasil Bowl, no dia 12 de dezembro. Na final passada, o João Pessoa Espectros foi até Santa Catarina para derrotar o T-Rex.

Além disso, haverá também a exibição de conteúdos em vídeo durante a programação, como por exemplo, os lances de partidas da Liga BFA que passavam nos intervalos dos jogos da NFL.

Para Marcelo Bruno, a renovação da parceria é mais um importante passo para o desenvolvimento do futebol americano no Brasil. “Ter a Liga BFA nas telas do maior canal de esportes americanos do país trouxe bastante atenção para a nossa modalidade. Isso é algo que ajuda a nos desenvolvermos mais e entregarmos um trabalho cada vez melhor.”

Vale lembrar que, na transmissão ao vivo do Brasil Bowl X, a hashtag #BrasilBowlnaESPN no Twitter foi a primeira colocada nos assuntos mais comentados do Brasil e a 25ª colocada no mundo.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHomem de confiança do Rex, Boddenberg anuncia aposentadoria
Próximo artigoDestaque do Grupo Norte, Pyros busca “final inédita”
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here