Invicto, Mariners recebe Espectros na maior final da Conferência Nordeste

0
160
Uma final sem favorito no Nordeste: quem avançará para a semifinal nacional - Mariners ou Espectros? Foto: Zuyra Miranda

Nove vezes campeão regional em diferentes formatos, pela primeira vez o João Pessoa Espectros não chega à final do Nordeste em condição de favorito. O jogo na Arena Pernambuco neste sábado marca a primeira decisão em que os paraibanos causam dúvidas quanto ao seu desempenho, ao contrário do Recife Mariners, invicto e vindo de um triunfo absolutamente incontestável diante do Espectros na fase regular

Os confrontos

A vitória por 35 a 19 na fase regular foi a quinta do Recife Mariners contra o João Pessoa Espectros na história (todas em fase regular) e a primeira na Arena Pernambuco. Muito mais do que o placar, o desempenho dos pernambucanos faz com que esta tenha sido a mais importante vitória, até hoje, dos azuis contra os fantasmas (O Espectros já venceu o Mariners em treze oportunidades).

O confronto do sábado relembra o ano de 2016, quando a semifinal da Conferência Nordeste da Superliga aconteceu no Recife. Na ocasião, o Mariners havia vencido em João Pessoa na fase regular e chegava ao mata-mata com o quarterback Alex Niznak (hoje no Espectros) como destaque. Jogando no Estádio dos Aflitos, o Espectros venceu a partida (confira em nosso YouTube).

“Aqui é trabalho”

O head coach Lucas David vem destacando o trabalho iniciado em janeiro como responsável pela campanha perfeita do Recife Mariners até aqui. E destacando esta palavra, ele quer fazer história e superar o ano de 2015: “Igualamos a nossa melhor campanha, de 2015, e estamos trabalhando desde o primeiro dia para jogar jogos como esse. A diferença para esse jogo é o que foi diferença o ano inteiro: trabalho e entrega”.

O pernambucano destaca o alguns jogadores como peças-chave da campanha. Além do americano Jake Schimenz, o quarterback, garotos vem fazendo a diferença do lado defensivo: “Jake é um jogador de alto nível e seu papel é fundamental dentro e fora de campo, com sua liderança natural. Além dele, que está tendo uma ótima temporada, de grande destaque, também temos a volta de Lucas Adolfo e as revelações defensivas Guilherme Stutz e João Guilherme, o Macaxeira”.

“Cada jogo é uma nova história”

Até a derrota para o Recife Mariners, o João Pessoa Espectros vinha fazendo uma campanha de encher os olhos pelo alto nível técnico de execução. Mas a atuação abaixo do esperado em Pernambuco e a vitória apertada na semifinal de Conferência contra um Caçadores aplicado trouxe dúvidas sobre o sempre campeão nordestino.

Para o head coach Robson Sena, cada jogo é um jogo. Confira a análise do comandante fantasma: “Foi um jogo (Mariners x Espectros) de duas grandes equipes que vinham de excelentes resultados. Não atuamos no nosso melhor e a equipe adversária sob aproveitar desses momentos. A equipe do Caçadores (na semifinal de Conferência) se portou bem e nos deu trabalho, mas acredito que o fator da chuva tenha dificultado bastante nosso desempenho no jogo. Estamos nos playoffs, onde cada jogo é uma nova história. Trabalhamos muito durante as semanas nós detalhes. Contra um adversário como o Mariners não há pontos específicos, tudo conta”, concluiu.

Serviço: Recife Mariners x João Pessoa Espectros – Final da Conferência Nordeste

Quando: Sábado, 2 de novembro, às 15h

Onde: Arena Pernambuco

Ingressos: R$ 20,00

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here