Tubarões derrota Predadores e continua invicto

0
296
O quarterback Jordan Moore em partida pelo Tubarões do Cerrado Imagem: Reprodução Instagram Jordan Moore

Quase mais um jogo da Liga BFA Elite na Conferência Centro-Oeste não seria realizado: o embalado Tubarões do Cerrado chegou com uma hora de atraso para jogo em Campo Grande. A partida estava marcada para começar às 14h e acabou começando às 15h30. No final, os visitantes não atrasaram em nada a abertura do placar e foram pontuais ao marcar em todos os períodos: 49 a 14 para o Tubarões.

O jogo  

Mesmo depois de fazer um interceptação, a equipe do Campo Grande Predadores não conseguiu avançar na partida e deu a chance para os visitantes abrirem o placar: o wide-receiver Sedrick recebeu a bola no meio de campo e correu até a endzone – 7 a 0 para o Tubarões. O segundo touchdown dos visitantes veio na sequência, com quarterback Jordan Moore correndo até o final do campo: 14 a 0 para a equipe de Brasília.

Depois de um primeiro quarto com muitas faltas, que acabou beneficiando uma campanha do Tubarões, Jordan Moore viu um espaço livre no fundo da endzone e fez um passe de aproximadamente 30 jardas para o wide-receiver B1: 21 a 0. 

Os donos a casa conseguiram diminuir o placar com seu jovem quarterback João Breno, que conseguiu fazer uma boa leitura e conectou com Daniel Albuquerque “Petchi”, que estava livre na lateral do campo e correu até a endzone. Extra-point convertido por Baioni – 21 a 7. Sem perder muito tempo logo no chute de retorno, o Tubarões ampliou o placar com o retornador/wide-receiver B2: 28 a 7 Tubarões.

O início de terceiro quarto já começou com um touchdown, do running back candango Cavalo, elevando o placar para 35 a 7. O safety Sena, do Predadores, até tentou por algumas vezes impedir alguns avanços do quarterback Jordan, com bons sacks, mas não impediu uma corrida do americano, que deu a ele a oportunidade de marcar um touchdown para os visitantes. Jordan ainda ampliou na conexão com B2, deixando o placar em 49 a 7 (todo os pontos-extras convertidos pelo kicker Victor Fialho).

E repetindo o lance do primeiro touchdown, o Campo Grande Predadores conseguiu anotar mais um touchdown na partida: Edson Albuquerque avistou seu irmão no fundo do campo e lançou a bola na endzone. Novamente Daniel Albuquerque “Petchi” estava livre para fazer a recepção e diminuir o placar. Final de jogo 49 a 14 para o Tubarões do Cerrado.

O que vem por aí?

Com cinco jogos em cinco partidas, o Tubarões do Cerrado só perde a posição 1 do Grupo Centro da Conferência Centro-Oeste se o Leões de Judá derrotá-lo por uma larga margem de pontos e vencer também o Campo Grande Predadores (o critério desempate seria “menor número de touchdowns cedidos”).

Já o Campo Grande Predadores só terá chances de avançar se vencer ambos os jogos contra o Brasília Templários, o Leões de Judá não derrotar o Tubarões do Cerrado e ainda for derrotado pelos sul-matogrossenses por uma larga margem de pontos (que os faria ter mais touchdowns cedidos que o Predadores).

> Confira mais sobre a Conferência Centro-Oeste em nossa página especial

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here