Tritões se impõe sobre Locomotiva e fica mais perto dos playoffs

0
2010
Em mais uma excelente partida, Richard Monequi foi responsável por três touchdowns anotados pelo seu time. Foto: Leo Silveira

Em seu último jogo em território capixaba pela primeira fase da BFA 2019, o Tritões venceu novamente se mantendo invicto em casa no ano. Contra o América Locomotiva, o time de Vila Velha dominou a defesa adversária, vencendo o jogo por 43 a 14.

O jogo

O Tritões começou impondo seu jogo corrido, com grande presença do running back Richard Monequi aproveitando todos os espaços para ganhar território, além do próprio quarterback Ty Henry, que mostrou grande mobilidade.

Mas mesmo com o ataque funcionando, um snap alto em um shotgun levou a campanha por água abaixo. Pressionado pela defesa, Ty não conseguiu recuperar a bola, que foi conduzida pelo lado oposto até que o free safety Gabriel Cota tivesse controle dela. Segurado por um defensor capixaba, Cota deixou a bola com Matheus Lisboa, que já na redzone, conseguiu fazer o touchdown. Charslton Charles chutou alto para colocar 7 a 0 no placar.

Sem sair de campo, o ataque iniciou outra campanha. Novamente, seu jogo corrido se mostrou imparável com longos avanços de Monequi. Ao fim, foi o próprio Monequi que em um lance de cinco jardas esticou-se depois do tackle para botar a bola além da goal line, para o touchdown. Junior botou para dentro do Y: 7 a 7.

No segundo quarto, depois de um punt bem executado, os mineiros começaram atrás da linha de cinco jardas. Sem espaço para correr, o running back do Locomotiva acabou tackleado em sua própria endzone, dando dois pontos ao Tritões além da posse de bola. Desta vez, Ty conectou Rafael Ximenes em uma rota post para um touchdown de 14 jardas. Wellington Nascimento acertou novamente. 16 a 7.

Movidos por bons passes curtos do quarterback reserva Gustavo Ribeiro, a Locomotiva atravessou o campo até a linha de seis jardas. Porém, no ato final de sua campanha, o quarterback não conseguiu completar o touchdown, fazendo o time ir para o field goal. Embora forte, o chute de não passou entre as traves, mantendo o placar igual.

Pra fechar o primeiro tempo, Monequi adentrou novamente na endzone, aumentando a vantagem dos donos da casa. 23 a 7.

Após o intervalo, o América iniciou mais uma campanha ofensiva e logo chegou novamente a redzone. Desta vez, mesmo diante de uma forte secundária, Gustavo conseguiu conectar Juliano Simão no canto esquerda da endzone para o primeiro touchdown de ataque dos mineiros. Ponto-extra convertido – 23 a 14, Tritões ainda na frente após pontuação mineira.

No último quarto, Ty Henry aproveitou Lucas Suhett correndo livre pela direita e soltou o braço em direção ao recebedor que não teve dificuldades para cruzar a goal line: 30 a 14 depois do chute.

Ao fim do jogo, com sua defesa fazendo um ótimo trabalho, incluindo a dupla João Gonçalves e João Victor Koppe interceptaram o passador mineiro uma vez cada, o ataque capixaba ainda anotou dois touchdowns. Primeiro com mais um passe entre Ty e Suhett, que se desvencilhou de um tackle antes de anotar os ponto. Pra finalizar, Monequi em corrida curta, saltou a endzone em seu terceiro touchdown. Ponto-extra convertido e placar final em 43 a 14.

O que vem por aí

Ainda sem a vaga garantida, daqui duas semanas o Tritões parte rumo a estado fluminense encarar o Vasco Almirantes, não só em busca da passagem a próxima fase, mas também valendo a liderança do grupo.

Enquanto isso, os mineiros do Locomotiva seguem com apenas uma vitória e ainda não garantiram a permanência na Elite em 2020. Para isso, o time precisa vencer o São Paulo Storm em casa no próximo mês, e torcer para tropeços de Oilers e Steamrollers, adversários na luta contra o rebaixamento.

> Confira tudo sobre a Conferência Sudeste em nossa página especial

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here