Mariners derruba Cavalaria mais uma vez e vai aos playoffs

1
179
O americano Jake Schimenz foi o maestro do show do Mariners na Arena Pernambuco Foto: Tiago Giordani

O Recife Mariners venceu mais uma vez ao Cavalaria 2 de Julho em Pernambuco, cumprindo seu papel de favorito e mantendo a invencibilidade na Liga BFA 2019. O triunfo garantiu de vez os pernambucanos na fase de playoffs da competição nacional de futebol americano.

O jogo

A partida começou com o Mariners abrindo o placar no passe do quarterback americano Jake Schimenz para o wide-receiver Guilherme Pinho – 7 a 0 (xp good) para o time azul. O primeiro quarto continuou com boa ações defensivas de parte a parte – o Mariners forçou um turnover on downs, enquanto o Cavalaria forçou e recuperou um fumble em cima do histórico running back do Mariners, Lucas Adolfo.

Ousado, o Cavalaria usou de um fake punt para avançar 20 jardas. O time foi recompensado com o touchdown do quarterback Felipe Índio que levou os baianos à endzone em bonito passe para o wide-receiver Nescau. Sem conversão de dois pontos, o placar marcou 7 a 6 para os pernambucanos.

Na sequência, as defesas continuaram bem, com os quarterbacks sofrendo um sack cada um. Sem mudanças no placar, as equipes foram para os vestiários da Arena Pernambuco equilibradas.

O equilíbrio, no entanto, terminou na segunda metade. Os americanos Jake Schimenz e Oshay Dunmore (que no ano passado atuou pelo Espectros) e o brasileiro Lucas Adolfo galgavam sobre o campo de ataque, conquistando jardas que foram minando o bom desempenho defensivo até ali dos visitantes. Mas para entrar na endzone e ampliar, Jake passou para Pinho, novamente, que ampliou – com a confirmação do ponto-extra, 14 a 6 Mariners.

Em nova boa campanha, os anfitriões chegaram à goal line e ampliaram com Lucas Adolfo (21 a 6). E o time não deixou o Cavalaria respirar, já que logo na sequência veio a interceptação do americano Oshay Dunmore (que dobrou ataque e defesa) em cima do passe do baiano Felipe Índio. Lucas Adolfo não perdoou de novo, quebrando cinco tackles para correr 25 jardas e marcar mais um (28 a 6). Fechando o quarto, Jake passou para o wide-receiver Japa, que ampliou (35 a 6).

Com o jogo praticamente definido, o Mariners rodou o roster, continuou pressionando o Cavalaria e garantiu a vitória pelo placar de 35 a 6.

O que vem por aí?

Com cinco vitórias em cinco jogos, o Mariners está nos playoffs da Conferência Nordeste mais uma vez e brigará pelo melhor seed da próxima fase diretamente contra o seu maior rival, o atual vice-campeão brasileiro João Pessoa Espectros.

Já o Cavalaria, para manter suas chances, terá que contar com um fraco desempenho daqui pra frente de outros postulantes a uma vaga para a próxima fase para ter esperanças de avançar.

> Saiba mais sobre a Conferência Nordeste em nossa página especial

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorStorm vira na raça e complica Corinthians na BFA
Próximo artigoPortuguesa vence duelo paulista e segue em campanha histórica
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here