Caçadores vence e lidera grupo, mas encara Espectros nos playoffs

0
206
Foto: Zuyra Miranda

No duelo que decidiu o rumo do Grupo Norte da Conferência Nordeste da BFA 2019, o Ceará Caçadores recebeu o Bulls Potiguares. Mostrando forte jogo corrido, o time de Fortaleza venceu o confronto por 27 a 15, garantindo a primeira colocação na chave e conhecendo seu destino na próxima fase.

O jogo

Munidos de Drew Banks, o Bulls Potiguares começou com uma estratégia de espalhar seus recebedores pelo campo, mas logo sofreu resistência sobre a forte defesa dos Caçadores, forçando dois turnover on down nas duas primeiras campanhas.

Já os cearenses, com Eduardo Maranhão em seu backfield, não teve dificuldades de avançar para avançar pelas trincheiras. Mas quem fez bonito na primeira campanha foi o recebedor Marlos Reis que fez um recepção com um mão só após um longo passe. O wide receiver ainda conseguiu ganhar algumas jardas antes de ser derrubado deixando o time na cara da end zone. Bastou um corrida curta de Maranhão para o Caçadores abrir o placar. Na conversão, o snap acabou saindo muito alto, impossibilitando o chute. 6 a 0.

Sem grandes feitos ao fim do primeiro quarto, o Caçadores só chegou próximo a redzone no quarto seguinte. Na linha de 22 jardas, em belo play action, Talon lançou em direção ao canto esquerdo da endzone, mas com dois marcadores na jogada acabou tendo seu passe interceptado.

De volta ao ataque, os Bulls conseguiram avançar desta vez e no meio do campo, decidiram fazer uma jogada inventiva porém extramente bem sucedida. Como quarterback, Vitor Fernandes fez um passe lateral para Guiatan Felix, que por sua vez lançou em direção a Igor Rogue, que recebeu a bola e partiu livre até o touchdown. João Raphael converteu o chute. 7 a 6.

Logo no início do segundo tempo, o kicker dos Bulls fez um kickoff curto para o retorno de Bill Jonhson, que com muita velocidade, conseguiu fugiu de seus defensores contornando o campo até encontrar espaço para seguir em direção a endzone. Ponto extra convertido por André Ferreira 13 a 7.

Na campanha seguinte, os Bulls se aproximaram novamente da endzone, mas desta vez, em tentativa de conexão pra touchdown, o cornerback João Pedro se esticou para roubar a bola do recebedor e realizar a interceptação.

Mesmo saindo do campo de defesa, o Ceará Caçadores conseguiu cruzar o campo duas vezes para o touchdown com Bill e Maranhão. Porém, os dois touchdowns foram anulados por seguradas, fazendo o time se ter que se contentar com o punt.

Mas na sequência, o time se manteve disciplinado anotando, desta vez, dois touchdowns válidos por terra. Primeiro com corrida curta de Maranhão, seguido de conversão de dois pontos em passe de Talon para Marlos. Depois foi o próprio Talon, correndo 20 jardas até cruzar a goal line. Desta vez, André acertou a trave na conversão – 27 a 7.

Sem chances para vitória, o Bulls ainda conseguiu avanços em sua última campanha. Em movimento, Vitor fez um passe para Igor Rogue para o touchdown de nove jardas. O mesmo Vitor ainda lançou para Renato Esdras para a conversão de dois pontos bem sucedida. Os Bulls ainda tentaram um onside kick, mas a bola ficou com o time cearense para ajoelhar e garantir a vitória. 27 a 15.

O que vem por aí

Com a fase regular da Conferência Nordeste, Bulls e Caçadores conheceram os seus destinos nos playoffs da BFA.

Mesmo com a liderança, a campanha dos Caçadores ficou abaixo de seu adversário e pelo regulamento, o Ceará Caçadores, como seed 3 da conferência vai até João Pessoa encarar seu algoz Espectros.

Já o Bulls com a quarta campanha da região, embarca rumo a Recife para enfrentar o invicto Mariners, mesmo time que o eliminou em 2018.

> Saiba tudo da fase regular da Conferência Nordeste em nossa página especial

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here