Pensando nos playoffs, Croco desafia Rex em jogo crucial

1
110
O head coach Fernando Alves, do Coritiba Crocodiles, já calcula cenários para sua equipe Foto: Letícia Moura Fotografia

Os dois times mais vencedores da Conferência Sul estarão em campo neste domingo, 1º de setembro, em Timbó. Ambos bicampeões nacionais, e ambos colecionadores de múltiplos títulos estaduais: o T-Rex tem cinco títulos catarinenses, enquanto o Coritiba Crocodiles tem oito títulos paranaenses.

Jogo crucial para o Crocodiles

Com duas derrotas na competição (para o rival HP e nos últimos segundos para o Soldiers), o impensável ronda o maior detentor de títulos do futebol americano nacional: ficar de fora da fase de playoffs.

Com 1-2 e o Rex pela frente, o perigo começa a ficar real e os paranaenses estão cientes disso: “Eu diria que é o jogo é crucial para nossas esperanças de classificação. Imagino que times que estiverem 3-3 ao final da fase regular estarão brigando em algum tipo de critério de desempate. Um 4-2 garantiria a vaga e é o que precisamos buscar agora (vencer as próximas três partidas contra Rex, Hawks e Breakers). Caso esse cenário ideal não aconteça, dois dos próximos três adversários (Rex e Hawks) estão na zona de classificação e iremos precisar desse critério de desempate. O Breakers ainda tem um jogo a menos, então precisamos observar como será sua próxima partida”, calculou o preciso head coach Fernando Alves.

Alves destaca que, com a vitória, o time para de fazer cálculos e volta a depender somente de si e dá a receita para poder triunfar: “Para mim, a receita para vencer é começar a capitalizar nossas campanhas. As estatísticas tem mostrado que o ataque tem ficado bastante tempo em campo, mas não tem convertido essas campanhas em pontos. E é nisso que precisamos nos concentrar nesse momento”, sentenciou.

Rex prega respeito ao Croco

O T-Rex começou a temporada regular com uma derrota (para o Black Hawks), algo raro na história do time. No entanto, quando isso aconteceu, em 2016, o time conseguiu o seu último título nacional. O time já tem uma vitória no campeonato (contra o rival estadual, o Breakers) e agora sabe que não pode mais ceder se quiser continuar firme rumo a um possível Brasil Bowl. Mas quem está do outro lado é o Crocodiles, equipe que, em 2017, eliminou o Rex nos playoffs da Conferência Sul.

“O Croco é uma das equipes com mais história no futebol americano no Brasil. Jogamos com a tabela e com as regras do campeonato, cada ponto conta. Sabemos como o Croco é bom em lidar em grandes jogos. Será um grande jogo e esperamos trazer o melhor do T-Rex ao campo”, declarou o head coach Breno Takahashi

> Confira mais sobre a Conferência Sul em nossa página especial

Serviço – T-Rex x Coritiba Crocodiles – Liga BFA 2019

Quando: Domingo, 1º de setembro, às 14h

Onde: Complexo Esportivo de Timbó

Ingressos: Confira mais sobre nas mídias sociais do Rex

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFortalecidos, Locomotiva e Vasco entram em rota de colisão
Próximo artigoHornets e Hawks se reencontram em busca da pós-temporada
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here