Parris Lee brilha e Galo vence Tritões na estréia da Liga BFA

6
763
Parris Lee, destaque do Galo na partida. Foto: João Guilherme / Facebook Galo

Galo e Tritões estrearam na Liga BFA e, exatamente como era esperado, entregaram ao público que foi ao SESC Venda Nova um jogo equilibrado e definido somente no último quarto. O destaque da partida foi novamente ele, o americano Parris Lee, que voltou para o Brasil, após ter sido campeão em 2018 e eleito MVP Ofensivo do campeonato no 3o Prêmio Salão Oval.

Fim do mistério

Uma das grandes dúvidas que antecedia a Liga BFA 2019, era quem seria o quarterback titular do Galo, o atleta responsável pela posição nos últimos três anos da equipe, Álvaro Fadini, tinha anunciado semanas antes do ínicio do campeonato, que não voltaria ao Brasil, após passar o primeiro semestre atuando na Áustria.

Com isso, o Galo foi atrás da contratação de atletas para repor a posição. Primeiro, o destaque do Campeonato Mineiro de 2019, Erick Henrique, do Betim Bulldogs. Depois, Yaggo Britto, que se destacou no Cane Cutters e depois foi para o Santa Cruz Chacais. Mas  no fim, quem atuou foi o prata da casa, Arthur, que era a terceira opção quando Álvaro Fadini e Maycon Dacaza estavam na equipe.

O Jogo

As duas equipes começaram se estudando, sem arriscar muito. Nas primeiras campanhas ofensivas, os ataques acabaram devolvendo a bola por meio de punts. Já a partir da segunda campanha, o jogo ganhou força: o Tritões conseguiu avançar bastante com as corridas do runnning back Richard Alves e chegou até a linha de 25 jardas, suficiente para uma tentativa de field goal. O kicker Pedro Paixão, no entanto, chutou para fora.

Com a posse de bola, o Galo colocou em campo. A grande estrela do time, MVP da temporada passada, o americano Parris Lee, começou mostrando o porquê é um dos principais jogadores da Liga BFA. O running back, em sua primeira participação, fez uma corrida de 60 jardas e foi parado somente com falta (horse collar tackle), deixando o ataque já na redzone. Na jogada seguinte, ele mesmo recebeu para correr as jardas que faltavam para entrar na endzone e marcar o primeiro touchdown da partida – o ponto extra não foi convertido – 06 a 00 Galo.

Na continuação do jogo, o Tritões conseguiu avançar no campo, principalmente por uma interferência de passe da defesa do Galo. Mas em uma terceira para uma jarda, já no segundo quarto, o quarterback Altivo “Tivim” Neto foi sacado e os capixabas tiveram que ir para o punt. A jogada foi bem executada e deixou o Galo na linha de 8 jardas do campo de defesa. Na terceira campanha ofensiva dos mineiros, para sair da zona de perigo, a arma nem tão secreta Parris Lee foi acionada novamente – em quatro jogadas seguidas do americano, o Galo avançou até a linha de 40 jardas do campo de defesa. Na sequência, no entanto, sem Parris Lee, o Galo não obteve sucesso nas suas tentativas de avanço e teve de chutar um punt. O mesmo foi repetido pelo Tritões, após uma three and out.

Com a posse de volta, o Galo continuou insistindo com Parris Lee, mas a defesa do Tritões fez bons ajustes e conseguiu finalmente parar o running back da equipe adversária, com destaques para o linebacker João Victor Koppe e o defensive Tackle Humberto da Silva.

Mas como nem tudo são flores, o defensive end Felipe Almeida, após parar Lee em uma terceira descida, se empolgou na comemoração e cometeu uma atitude antidesportiva, dando sobrevida a campanha do Galo, que neste momento entrava nos 2 minutos finais do segundo quarto. Na jogada seguinte, o quarterback Arthur fez um passe forçado e foi interceptado pelo cornerback Junis Passos. Novamente no ataque, o Tritões não conseguiu produzir e as equipes foram para o intervalo com o placar de 06 a 00 para o Galo.

O segundo tempo começou como o primeiro, equipes novamente se estudando, e o Galo mesmo com um ótimo retorno de chute, não conseguiu tirar proveito da boa posição de campo e foi para o punt. O mesmo aconteceu com o Tritões e depois novamente com o Galo, só que neste último, os capixabas ficaram com as costas na parede. O Tritões até que tentou, mas sucumbiu a pressão da linha defensiva mineira: o quarterback Tivim, tentou escapar de tackles e sofreu um fumble que foi recuperado dentro da endzone pelo próprio Tritões, o que impediu o touchdown do Galo, mas não o safety – 08 a 00 Galo.

Após os dois pontos, a posse de bola retornou para o Galo, que depois de algumas corridas, foi para um passe e acabou sofrendo um pick six, anotado pelo safety, ex-atleta da equipe mineira, Leonardo Bortoli. Na tentativa de dois pontos, para buscar o empate na partida, os capixabas não tiveram sucesso – 08 a 06 Galo.

O Galo pareceu ter sentido o impacto e após o kickoff, seu ataque não conseguiu produzir e  no começo do 4/4, teve que ir para o punt. O momento parecia ser todo dos visitantes, quando o safety do Galo, Danilson Pereira, resolveu acabar com a empolgação capixaba, fez uma boa leitura, interceptou o quarterback Tivim e devolveu a pick six – o chute extra foi convertido pelo kicker Luiz Carlos, 15 a 06 Galo.

Se o momento do jogo chegou a ser do Tritões, no comecinho do quarto, após a pick six, só deu Galo. O head coach mexicano, Rodolfo “Negro”, decidiu manter a posse de bola e fazer o tempo passar utilizando Parris Lee. A defesa do Tritões apresentou sinais de cansaço e o americano conseguiu novamente atravessar o campo com boas corridas e marcar seu segundo touchdown. O ponto-extra foi convertido por Luiz Carlos, 22 a 06 Galo.

Já dentro dos dois minutos finais, a cereja no bolo do jogo, foi mais um touchdown do Galo, com uma recepção impressionante, de muita técnica, do wide-receiver Conrado: o quarterback Arthur, já mais à vontade, fez um bom passe no meio da defesa do Tritões e Conrado com apenas uma das mãos, fez a linda recepção. O chute extra foi bom e o Galo deu números finais ao placar: 29 a 06.

O que vem por aí

Na próxima rodada, os dois times jogarão contra estreantes da elite. O Tritões recebe o Macaé Oilers em Vila Velha e o Galo viaja para Ribeirão Preto para enfrentar o Challengers.

> Confira nossa página especial sobre a Conferência Sudeste da BFA 2019

6 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here