Istepôs vira e chega à quinta final seguida contra o T-Rex

1
219
O Istepôs chega mais uma vez à final, onde disputará o título contra o T-Rex pela quinta vez consecutiva Imagem: Reprodução da transmissão da FCFA

Em partida marcada pelo equilíbrio e a luta das duas equipes para cometer menos erros diante de um campo que ficava com o tempo cada vez mais encharcado, a tradição do Istepôs sobrepujou a energia do Black Hawks em vitória obtida no minuto final, de virada. Com o placar de 7 a 6 sobre o time de Gaspar, o Istepôs vai para a sua quinta final seguida encarando o tetracampeão T-Rex, que será, mais uma vez, favorito na partida de 9 de junho em Blumenau.

> Saiba como foi a outra semifinal do Catarinense 2019

O jogo

Muita chuva no Forquilhão, que não impediu um início interessante entre a inspiração do quarterback Carraro e a defesa do Istepôs – que conseguiu um bonito sack com Marcos Bunn. Em punt, o Istepôs falhou e Tavares, do Black Hawks, recuperou a bola já na jarda 31 de ataque.

Com a chuva apertando, a guerra de trincheiras foi literalmente instalada. Os avanços mínimos do Black Hawks não foram suficientes para conseguir pontuar. O Istepôs, em sua posse de bola, já sofreu um fumble devido a bola molhada. O lance foi recuperado pelo wide-receiver Cabelo. Mas o segundo fumble foi letal, com o linebacker Dariel aproveitando a falha do running back JP e marcando o primeiro touchdown do jogo. Sem o ponto-extra confirmado, o Black Hawks liderava por 6 a 0 ainda no primeiro quarto.

No segundo quarto, o jogo continuou brigado e com o campo piorando com a chuva. O quarterback Carraro, pressionando, acabou sendo interceptado por Grutner, que avançou até o meio-campo antes de sofrer o tackle. Na redzone, o Istepôs sofreu mais um fumble, firmemente recuperado pelo defensive tackle Caião.

O segundo tempo começou com boas corridas de Wesley, pelo Istepôs. No entanto, os avanços não foram suficientes para levar a equipe da Grande Florianópolis ao campo de ataque. A guerra de trincheiras prevaleceu até o final do quarto, sem alteração no placar.

Em punt com bad snap, o Black Hawks começou o último quarto com bom retorno de Tavares, que posicionou o ataque na jarda 30 de ataque. Na sequência, Carraro lançou bem por duas vezes para o gigante Lang, deixando a equipe já na redzone. No entanto, a equipe não conseguiu aproveitar a boa chance para pontuar.

O Istepôs, por sua vez, caminhou até a redzone e chegou na goal line em lance salvador de Henrique Mazzola, que recepcionou deslizando cerca de dez jardas em um campo praticamente alagado. Brigando em várias corridas, o Istepôs chegou ao touchdown no giro do running back Wesley. Após snap ruim no extra-point, o Black Hawks deu a chance do Istepôs desempatar ao cometer falta. Na segunda chance, o Istepôs converteu o ponto-extra com o kicker Carlos Felipe e virou, colocando 7 a 6 no placar.

Faltando 40 segundos no relógio, uma lesão de Morello, do Black Hawks, forçou a partida a parar devido ao deslocamento da ambulância. Depois de mais de meia-hora de espera e sem luz natural para continuação da partida, o jogo foi dado como encerrado, com vitória do atual vice-campeão.

> Saiba todos os detalhes do Campeonato Catarinense em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVasco vira, derrota Flamengo e é campeão
Próximo artigoJets vence e está nas semifinais da Série Ouro da SPFL
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here