Galo vence e busca bicampeonato no Minas Bowl

1
177
O Galo FA chega ao seu segundo Minas Bowl consecutivo, onde buscará o bicampeonato Foto: Chiarini Jr

Mesmo desfalcado de boa parte de seu staff técnico, como o head coach Lex Braga, e algumas estrelas, como Andrew Bernardini, Parris Lee e Rapha Cruz, todos no exterior, o Galo FA continua sendo a equipe favorita a qualquer partida que for disputar no Brasil. O que não seria diferente na semifinal do Campeonato Mineiro. Enfrentando um aguerrido Betim Bulldogs, que fez uma excelente primeira fase do campeonato, o time de futebol americano do Atlético Mineiro não tomou conhecimento do adversário e venceu por um contundente 62 a 6 no Sesc Venda Nova.

O jogo

O Galo começou recebendo o chute e começou bem na corrida de 18 jardas de Rafael Fadini. Mas o ganho foi anulado no bad snap, recuperado pelo quarterback Maycon Dacaza (atuando no lugar do titular Álvaro Fadini). O próprio Maycon fez tudo dar certo na sequência com bons passes para Mega e Sagat. Para entar na endzone, um míssel de 12 jardas para o wide-receiver Vitor Hugo Mega, com Protasio confirmando o ponto-extra: 7 a 0 Galo.

Sem o excelente Erick como quarterback, Samuel, então wide-receiver, assumiu a posição na semifinal. Sem consistência para renovar as decidas, o Bulldogs devolveu rapidamente à bola para o Galo. O atual campeão mineiro chegou à endzone na corrida do quarterback Maycon. Protasio confirmou o ponto-extra – 14 a 0 Galo.

Na campanha seguinte, a boa marcação da secundária do Bulldogs não deu opções para Maycon, que forçou passes para fora. A alternativa do Galo foi a tentativa de um field goal de 39 jardas para Protasio, que converteu – 17 a 0 Galo.

Rafael Fadini fez uma linda corrida de 32 jardas para ampliar o placar final do primeiro quarto (com Protasio confirmando o chute): 24 a 00. Mesmo sem o time ofensivo pegar na bola, o Galo ainda ampliou com um safety: 26 a 00.

No segundo quarto, a primeira campanha do Galo sem pontos, no chute de field goal sem sucesso de Protasio. A seguinte, no entanto, imitou a primeira, no passe de Maycon para Mega: sem ponto-extra, o placar foi a 32 a 00.

Após interceptação feita por Ruan, Maycon voltou para o ataque e passou para Vilaça marcar o seu primeiro touchdown com a camisa do Galo FA. Protasio converteu o chute e colocou o 39 a 0 no placar.

Sem parar e com a mercy rule em ação, o Galo recuperou um fumble com Lucas Teodoro e ampliou na corrida de Nathan, com mais um chute certo de Protasio: 46 a 0. Antes do apito final, mais um touchdown corrido, com Rafael Fadini – Protasio decretou o placar final do primeiro tempo: 53 a 00.

O terceiro quarto começou com a lesão do cornerback PH Martins, do Bulldogs. Na volta, o time de Betim conseguiu forçar um fumble e recuperar a bola. Mas a equipe não conseguiu a proveitar a chance e após punt, Conrado retornou 65 jardas para um lindo touchdown: novo chute de Protasio para garantir o ponto-extra e 60 a 0 no placar. Com a bola, o Betim Bulldogs foi pressionado e sofreu novo safety: 62 a 00.

Mesmo lesionado, o quarterback Erick de Paula, destaque do Campeonato Mineiro, entrou em campo e fez uma campanha em que precisou da quarta descida para conectar, na endzone, com seu alvo preferido: Samuel. O wide-receiver, que estava improvisado na posição de comandante de ataque, fez o seu quinto touchdown no campeonato. Sem a conversão de dois pontos, o placar foi a 62 a 6 para o Galo.

Erick ainda deu mais emoção aos minutos finais, mas o placar permaneceu inalterado até o apito final.

O que vem por aí?

Com a vitória, o Galo chega seu segundo Minas Bowl seguido, onde defenderá o seu título mais uma vez enfrentando o América Locomotiva, que derrotou também neste sábado ao Univás Gladiadores. A partida, a ser realizada no dia 15 de junho, na Arena Independência, será transmitida ao vivo pelo BandSports.

> Confira mais sobre o Campeonato Mineiro em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorLocomotiva derrota Gladiadores para manter escrita em Minas
Próximo artigoVasco vira, derrota Flamengo e é campeão
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here