Arsenal inicia temporada com retorno de americano histórico

0
206
Campeão brasileiro em 2010 e também atuando em 2017, Kudyba volta agora também como head coach Foto: Junior Martins

O Cuiabá Arsenal realizou duas atividades que marcaram o início da temporada 2019 nesse fim de semana, fez uma reunião para apresentar o clube aos novos jogadores, nesse sábado (09). A reunião contou com a presença do novo treinador e antigo quarterback, o americano Thomas Anthony Kudyba, e o secretário adjunto de esporte do estado, Jefferson Neves, no auditório da Arena Pantanal. No domingo, aconteceu o primeiro treino físico de 2019, no campo do Ginásio do Quilombo, em Cuiabá.

Toda preparação acontece para uma verdadeira maratona de um verdadeiro programa de futebol americano, com diversas categorias. O tradicional time de Mato Grosso conta com 145 jogadores e 25 jogadoras para disputar o Campeonato Brasileiro de Futebol Americano (BFA), o Campeonato Mato-grossense de Futebol Americano, o Circuito Brasileiro de Flag Football, nas categorias masculino e feminino, e com previsão de amistosos em maio.

Reunião

A reunião apresentou um pouco da história do Cuiabá Arsenal, que começou em 2006, passou por dois títulos nacionais (2010 e 2012) e dois estaduais (2015 e 2016), formou jogadores para as seleções mato-grossense e brasileira, exportou atletas para o mundo, além de títulos no Flag Football, e completará 13 anos no próximo abril. Também mostrou a estrutura organizacional, como organograma da diretoria e comissão técnica, planejamento orçamentário, ações sociais e etc.

“Fizemos a reunião inaugural da temporada para expor o escopo de trabalho da Associação Atlética Cuiabá Arsenal e motivar os atletas a buscarem um objetivo maior, como se tornarem pessoas melhores pelo esporte e a conquistarem outro título nacional. Temos um calendário repleto de jogos e ações. E, neste ano, faremos a Temporada da Reconquista, onde repatriaremos atletas nossos que estão em outros times”, planeja o atual presidente, Denevaldo Barbosa Junior.

Um dos principais fundadores e primeiro presidente do Cuiabá Arsenal, Orlando Ferreira Junior, foi um dos palestrantes na reunião inaugural. Ele contou estórias antigas e aventuras de viagens, sobre as dificuldades que enfrentavam na época e que algumas foram superadas atualmente e contou sobre qual caminho precisa ser percorrido para o grupo alcançar um novo título nacional. Falou sobre como cada indivíduo precisa crescer pessoalmente, abdicar e trabalhar em equipe.

“O número de vezes que os atletas vão querer desistir é inimaginável. Precisarão superar inúmeras provas diárias. Vão enfrentar três principais problemas durante a temporada: Falta de tempo, falta de dinheiro e distrações. Todos terão que lidar com isso e só tem uma solução, foco. Foco é a arte de dizer não. Todos precisam dizer não para várias coisas com o objetivo de economizar energia. A energia é o tempo, o dinheiro e a atenção necessária para colocar naquilo que designou como foco”, explica o fundador e ex-presidente, Orlando Ferreira Jr.

O secretário adjunto de Esporte e Lazer do Estado de Mato Grosso, Jefferson Neves, esteve presente na reunião inaugural, nesse sábado (09), no auditório da Arena Pantanal, e declarou sobre como a Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA) é vista de forma positiva pelo governador, Mauro Mendes. Segundo ele, entidades bem organizadas e com o mesmo espírito de tocar o esporte, como o Cuiabá Arsenal, são vistas como grandes parceiras e que serão valorizadas.

“Temos a visão de que o esporte é um transformador da sociedade e o Cuiabá Arsenal tem essa característica. Além do time principal, ele faz trabalho de base e desenvolve os atletas com preparação física, mental e social. E isso faz com que nos motivemos a tê-los como parceiros. Entendemos que o esporte precisa de dinheiro, ainda não temos definida a quantidade, pois o orçamento ainda está fechado, mas sabemos que essas iniciativas precisam ser valorizadas e, dentro da nossa possibilidade financeira, iremos contribuir”, conclui o secretário, Neves.

Primeiro Treino

O primeiro treino foi comandado pelo treinador e quarterback, Thomas Anthony Kudyba, ou apenas ‘Tom Kudyba’, um americano nascido em Chicago (Illinois – EUA), 34 anos, com experiência internacional no futebol americano, e que possui longo histórico de relacionamento com o Cuiabá Arsenal. Ele fez parte da turma que ganhou o brasileiro em 2010, passou outras vezes pela equipe cuiabana e, mais recentemente, coordenador de ataque e quarterback do Arsenal em 2017.

“Explicamos sobre a cultura do futebol americano e do Cuiabá Arsenal, quais os objetivos, as metas e a filosofia para eles ficarem mais preparados para sermos campeões. Tivemos cerca de 80 jogadores no primeiro treino, temos uma boa mistura de veteranos, que participaram dos títulos nacionais de 2010 e 2012, com novatos. E destacamos sobre a necessidade do sacrifício diário, individual e coletivo, para alcançarmos outro título”, diz o treinador e quarterback, Kudyba.

Tom Kudyba foi considerado o atleta mais valioso (MVP – Most Valuable Player) na final do título brasileiro de 2010, quando jogou pelo Cuiabá Arsenal na vitória contra o Coritiba Crocodiles, em 18 de dezembro de 2010, em Embu das Artes (SP). Além disso, foi MVP e campeão finlandês em 2008 e jogou futebol americano no ensino médio e faculdade nos EUA. Hoje é casado com uma cuiabana, naturalizado brasileiro e com domicílio em Cuiabá-MT.

“Foi em 2013 que conheci minha esposa, Maria Fernanda, em Cuiabá. Me senti diferente com ela e passamos a nos relacionar. Naquela época fiquei pouco tempo por aqui, retornei para os EUA e mantivemos contato pela internet. Depois nos reencontramos na minha cidade em 2015, em Chicago. Retornei neste ano para cá, casamos no cartório no mês passado, vamos organizar uma cerimônia no religioso e moraremos aqui por pelos menos dois anos”, contou o treinador.

Texto: Junior Martins

COMPARTILHAR
Artigo anteriorStorm anuncia nova Era em 2019 com head coach americano
Próximo artigoMaior edição da SPFL traz transmissões ao vivo do BandSports
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here