Símbolo de maior rival, Dennis Prants chega ao T-Rex

0
780
Prants, head coach campeão nacional em 2013 com o Jaraguá Breakers

Um símbolo rumo ao profissionalismo. Se o FABR começou (e ainda é) com times que são uma reunião de amigos e se expandem em uma comunidade quase que tribal e, com isso, cria rivalidades com outras, o fato de um dos maiores símbolos da maior rivalidade catarinense do meio da década chegar à outra equipe pode ser um sinal dos tempos.

Dennis Prants, head coach, líder e símbolo do título nacional do Breakers em 2013 na conquista do Torneio Touchdown, foi anunciado nesta terça (12) como reforço da comissão técnica do maior rival do time de Jaraguá do Sul: o T-Rex, onde será coordenador ofensivo na temporada 2019.

Após passagem marcante como head coach pelo tradicional Manaus Cavaliers em 2018, onde implantou uma nova filosofia e ainda voltou aos gramados mesmo com 46 anos, o catarinense volta pra casa e aponta a família como motivo número um: “a razão número 1 era voltar pra Santa Catarina – filho, família e football de alto rendimento no mesmo local”, resumiu Prants.

Em outra declaração, Prants mostra que, simplesmente, podemos estar realmente rumo a relações simplesmente mais profissionais no ainda amador FABR: “Na época meu sangue era Azul e Laranja, hoje é vermelho, preto e com camuflagem de guerra. Dou o sangue e defendo a instituição onde trabalho. Quero deixar claro que sempre existiu respeito pelo trabalho do Rex. Sempre usei como referência para as pessoas onde trabalhei. Hoje vou poder sentir isso de dentro pra fora.Football é aprendizado, crescimento e se recriar para vencer”, explicou.

“Ele entende a que há uma filosofia estabelecida no Rex”

Bruno Takahashi, CEO do T-Rex, ressalta que a rivalidade com o Jaraguá Breakers foi sempre saudável, “até porque sou amigo pessoal do Everton (Gnewuch, presidente do Breakers)”. “O ano seguinte o Breakers foi campeão (2013) isso nos puxou demais, ajudou no nosso desenvolvimento”, explicou.

Bruno Takahashi reconhece o “vasto conhecimento em futebol americano” de seu novo coordenador ofensivo, além de ressaltar que Prants chega respeitando a ideologia já estabelecida pelo Rex.

Além do currículo, a decisão de trazer Dennis Prants como coordenador ofensivo passou pela saída da função de Clair José, que acabou de ser pai de gêmeas. A comissão técnica, além do Prants, ainda tem Breno Takahashi (head coach e linha ofensiva), Laércio “Lelo” Anacleto (coordenador defensivo) e Lener Fernandes (assistente de head coach).

Outros reforços

Além de reforçar a sua comissão técnica com o lendário Dennis Prants, o T-Rex também já anunciou 12 jogadores para a temporada 2019, quando tentará o pentacampeonato catarinense e voltar à final do campeonato nacional.

São eles: Júlio Dib (linebacker, ex-Ponte Preta Gorilas), Fábio Almeida (linha defensiva, ex-Breakers), Alex “A-Train” Allen (running back americano, renovação), Lucas Deretti (linebacker, ex-Breakers), Caio Nunes (wide-receiver, ex-Caçadores), Nicolas Gonçalves (defensive back, ex-Sorocaba Vipers), Sidnei Sidart (linha defensiva, ex-Storm), Gabriel Fontanella (melhor sub-19 do Gaúchão 2018, pelo Armada), Jaison Enez (linha ofensiva, voltando para o Rex após tempo parado), Leonardo Gomez (wide-receiver, ex-Avengers), Rafael Fernandes (wide-receiver, ex-Bulldogs) e o grande retorno do linebacker Luis Polastri, que ganhou destaque nacional pelo Rex, foi para a Turquia e voltou ao Brasil para ser campeão nacional em 2018 pelo Galo FA.

> Saiba mais do Rex em sua página especial em nosso site

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMooca Destroyers anuncia algoz americano como reforço
Próximo artigoSem tricampeã, vice Weilers quer título da SPFL
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here