Retrospectiva dos Campeões em 2018

0
471

O ano de 2018 passou e ele nos deixou muitos campeões no futebol americano nacional. Foram 21 times que levantaram a taça nos campeonatos adultos full pads e puderam gritar: É Campeão!

Com a final da Copa Ouro (MG) neste final de semana (13 de janeiro), podemos agora relembrar todos os campeões da temporada 2018.

No primeiro semestre além dos estaduais, alguns outros torneios regionais também serviram de preparação para os times jogarem os principais campeonatos no segundo semestre.

NACIONAIS

BFA

Com o elenco que fora campeão em 2017 usando a cor azul do Cruzeiro, a equipe então fundada como GET Eagles fez outra parceria de peso, desta vez com o Atlético Mineiro, e repetiu a dose ao alcançar o posto mais alto do futebol americano nacional. O adversário na final foi o mesmo, o João Pessoa Espectros, mas a vitória foi na Paraíba e muito mais complicada: 17 a 13.

Esta foi a nona edição do Brasil Bowl, o evento teve transmissão ao-vivo, com narração da equipe do Salão Oval, pelo canal Bandsports e youtube da BFA.

Arte: Cesar Freitas / Salão Oval

> Confira como foi o Brasil Bowl IX

Liga Nacional

Uma final entre duas equipes que estavam invictas em 2018. Acabou prevalecendo a maior experiência do Challengers, de Ribeirão Preto, contra o Vingadores, de Belém, em partida absolutamente atípica dentro do cenário nacional: um time do Sudeste contra uma do Norte. A história foi feita!

Arte: Cesar Freitas / Salão Oval

> Saiba como o Challengers venceu a final

Copa Sport América do Brasil – Campeonato Brasileiro Feminino

As meninas do Mato Grosso, reforçadas de atletas do Rio de Janeiro, conseguiram mais uma vez chegar ao posto mais alto do esporte nacional, assim como fizeram em 2016.

Arte: Cesar Freitas / Salão Oval

> Confira como foi a competição nacional feminina

ESTADUAIS

Santa Catarina

Em Santa Catarina, o domínio é timboense: há quatro anos que ninguém consegue superar o Rex na disputa do estadual. O tetracampeão teve o mesmo adversário dos últimos anos – o São José Istepôs – que agora acumula um amargo tetra vice-campeonato.

Arte: César Freitas/Salão Oval

> Confira a matéria completa da final do catarinense

Paraná

Em sua décima edição, o campeonato paranaense teve o Coritiba Crocodiles de volta ao topo: eles venceram o bicampeão, Paraná HP, por 26 a 03 na final. Com a conquista, o “Croco” agora é octacampeão e o time no Brasil com o maior número de títulos estaduais.

Arte: César Freitas/Salão Oval

> Matéria completa da final paranaense

Rio Grande do Sul

No maior campeonato Gaúcho da história, com a participação de 12 equipes, o campeão não mudou: o Santa Maria Soldiers  agora é pentacampeão estadual. O que mudou foi o adversário da final – desta vez, a equipe da capital gaúcha, o Porto Alegre Gorilas, venceu o Juventude FA na semifinal e impediu a quarta final seguida entre Soldiers e o time de Caxias do Sul.

Arte: César Freitas/Salão Oval

> Matéria completa da final do gaúcho

São Paulo

São Paulo é o único estado com dois campeonatos que podem ser considerados estaduais. Na Super Copa São Paulo, organizado pela FEFASP, o campeão invicto foi o Challengers FA, que venceu a tradicional equipe do Sorocaba Vipers na final.

Arte: César Freitas/Salão Oval

No outro campeonato, este organizado pela SPFL e de mesmo nome, o domínio total foi da Portuguesa FA e Rio Preto Weilers. Ambos chegaram invictos à final, mas a equipe paulistana mostrou toda sua força e conquistou o tricampeonato.

Desde a criação da São Paulo Football League em 2016, a Portuguesa nunca perdeu uma partida sequer. Mas este ano (2019), a SPFL terá um novo campeão, já que os lusitanos, junto com Palmeiras Locomotives e Mooca Destroyers, decidiram não participar.

Arte: César Freitas/Salão Oval

> Matéria completa da final da SPFL

Rio de Janeiro

Apesar de ser o estado pioneiro do futebol americano no Brasil, somente em 2018 o Rio de Janeiro conseguiu organizar o primeiro Campeonato Fluminense da história com participação das equipes do interior e também da capital. Vale lembrar que em outros anos, a LIFFA (Liga Fluminense de Futebol Americano) organizou torneios a nível estadual, mas sem as principais forças da capital.

O campeonato teve a participação de seis equipes e a final foi o esperado clássico entre Flamengo FA e Vasco Imperadores (o Botafogo Reptiles não participou). O rubro-negro levou a melhor e se tornou o primeiro campeão carioca de futebol americano da história.

Arte: César Freitas/Salão Oval

> Matéria completa da final do carioca

Pará

O dominante Vingadores FA não deu chances a seus adversários em 2018 e se consagrou tetracampeão paraense, vencendo o surpreendente Castanhal Yellow Blacks (em sua primeira temporada) na final por 55 a 06.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Minas Gerais

Depois de um domínio completo do Locomotiva nas três primeiras edições (2008, 2012 e 2016), o campeonato mineiro teve um novo campeão: o Galo FA. A grande potência do futebol americano nacional não tomou conhecimento de seus adversários e venceu fácil todas as partidas, marcando pelo menos 50 pontos em todos os jogos que disputou, incluindo a final.

Arte: César Freitas/Salão Oval

> Confira como foi a final mineira

Mato Grosso

Um campeonato rápido, com apenas três jogos, incluindo a final, sagrou o Sorriso Hornets bicampeão mato grossense. A final foi contra o tradicional Cuiabá Arsenal, na Arena Pantanal, com uma vitória fácil por 40 a 07.

Arte: César Freitas/Salão Oval

REGIONAIS

Velho Chico

Com quatro equipes de três estados diferentes – Bahia, Sergipe e Alagoas – o Torneio Velho Chico chegou a sua quarta edição e já é um importante campeonato de preparação das equipes para o segundo semestre. Em 2018, o campeão foi o Cavalaria 2 de Julho, praticamente um bicampeonato, já que em 2017 o mesmo time foi campeão mas representando o Vitória.

Arte: César Freitas/Salão Oval

> Confira como foi a final da competição

Copa Nordeste

A Copa Nordeste é a primeira etapa para os times que almejam um dia chegar à BFA: o campeão do torneio ganha o direito de disputar a Liga Nordeste. No ano passado, cinco equipes entraram na disputa e quem levou a melhor foi o Fortaleza Tritões, que venceu o Santana Redbulls em um jogo super disputado na final.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Liga Nordeste

Se o campeão da Copa Nordeste ganha o direito de disputar a Liga Nordeste, o mesmo acontece na liga, o campeão é promovido para a divisão Nordeste da BFA.

Em 2018 a disputa pela vaga foi a melhor dos últimos anos, foram doze times divididos em três grupos e na final em Petrolina, o Carrancas FA recebeu o Santa Cruz Pirates e os pernambucanos proporcionaram um grande jogo. Os recifenses do Pirates se deram melhor, eles tinham o cornerback Mogli, que em uma noite brilhante marcou dois touchdowns, garantiu a vitória para sua equipe e a volta para a elite do Nordeste.

> Matéria completa da final da Liga Nordeste

Copa Fronteira

Eles movimentam a fronteira do Brasil com a Argentina e cumprem a missão de mostrar que o futebol americano está em todo o canto do Brasil. São Miguel Indians e Francisco Beltrão Redfeet, organizaram a Recopa Fronteira em uma melhor de três jogos, todos bem disputados, mas no final o título ficou com o time de São Miguel do Oeste.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Copa Sul

A tradicional Copa Sul, chegou a sua sexta edição e contou com a participação de dez equipes vindas dos três estados do Sul e divididas em três grupos. A final foi disputada por Itajaí Dockers e Canoas Bulls, no tradicional estádio municipal em São João Batista, que já foi palco de final de Liga Nacional, Campeonato Catarinense e da própria Copa Sul. Os catarinenses venceram por um ponto de diferença e conquistaram o primeiro título da história da equipe.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Copa RS

No segundo semestre, a FGFA (Federação Gaúcha de Futebol Americano), organiza a Copa RS, para dar experiência de jogo aos times que não disputam campeonatos nacionais. Mesmo perdendo para o Carlos Barbosa Ximangos na primeira fase, o Cruzeiro Lions, deu a volta por cima, venceu o adversário fora de casa e levou o título.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Copa Mogiana

A Copa Mogiana chegou à sua segunda edição com a participação de cinco equipes, e uma delas surpreendeu a todos. Mesmo indo para os playoffs da competição com o seed #4, o  Sertãozinho Bullcaners, em seu primeiro campeonato, levou o título depois de vencer na semifinal, o campeão de 2017 e seed #1 da temporada regular em 2018, Monte Alto Rippers, e na final, o Araçatuba Touros.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Pick Six Cup

Em sua segunda edição, a Copa Pick Six, foi de quatro equipes participantes em 2017 para doze em 2018. Times tradicionais como Spartans e Corsários fizeram parte dos times que disputaram o título da competição, mas o que fez prevalecer toda sua história foram os espartanos, que venceram o surpreendente São Bernardo Avengers em uma final disputadíssima e ficaram com o título.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Taça 9 de Julho

A tradicional competição do segundo semestre no estado de São Paulo, chegou a sua sexta temporada com o Leme Lizards tentando ser o primeiro tricampeão, eles até chegaram na final, mas esbarraram no Tomahawk, que venceu o primeiro campeonato da sua história, um título que coroou o excelente ano da equipe de Limeira.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Copa Ouro

A competição que finalizou a temporada de 2018, teve a sua rodada final somente em Janeiro deste ano e com mais uma vitória, o Ipatinga Tigres terminou o campeonato invicto e com o título da Copa Ouro.

Arte: César Freitas/Salão Oval

Taça Rio

O Rio de Janeiro viu o primeiro campeonato carioca da história e a exemplo de outros estados como São Paulo, Minas Gerais e a Região Sul, no segundo semestre, organizou um campeonato para as equipes que estão em desenvolvimento, a Taça Rio. O modelo de disputa não incluiu playoffs e o time de melhor campanha, com três vitórias em três partidas, o Delta Football, foi o campeão da primeira edição.

Arte: César Freitas/Salão Oval

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here