Galo busca “diversão” no “caldeirão” do Espectros

0
584
O Estádio Almeidão recebeu os últimos detalhes na pintura, 24h antes da decisão entre Espectros e Galo FA Foto: Victor Francisco / Salão Oval

Um time semiprofissional, que consegue que seus jogadores tenham dedicação quase que total ao esporte contra outro que domina o futebol americano há anos em uma região, impulsionado por uma torcida incansável. O Brasil Bowl IX opõe dois modelos muito diferentes de sucesso para atingir a excelência técnica em um esporte que ainda está em seu início no País, mas ganha adeptos a passos largos. Ao final do dia, em João Pessoa, um dos modelos terá mostrado ser o melhor em 2018 na Brasil Futebol Americano: Galo FA ou João Pessoa Espectros.

A decisão será transmitida ao vivo pelo YouTube da BFA e pelo BandSports, às 15h locais e 16h, horário de Brasília, no Estádio Almeidão, em João Pessoa.

Os números do Galo FA

Invicto, o time de Belo Horizonte foi o ataque mais prolífico da Conferência Sudeste da BFA, conquistada após seis vitórias na fase regular (sendo uma por W.O. contra o Juiz de Fora Imperadores), com 314 pontos feitos (melhor ataque) e 36 tomados (melhor defesa).

Na pós-temporada, o time passou por Botafogo Reptiles (53 a 00) e encarou o Tritões FA na final do Sudeste (47 a 14). Na semifinal da BFA, cruzando com a Conferência Sul, o time teve seu primeiro jogo de real dificuldade no campeonato, passando pelo T-Rex, em casa, por 14 a 10.

O destaque da equipe, no campeonato, é o running-back americano Parris Lee, que somente nos playoffs marcou nove touchdowns.

> Confira a campanha do Galo FA em 2018

“A palavra agora é diversão”

Invictos e com o elenco campeão com as cores do Sada Cruzeiro no ano passado ao derrotar os paraibanos, os jogadores que agora representam o Galo FA continuaram embalados em 2018. Para o wide-receiver Victor Hugo “Mega”, o Galo não teve o desconforto de jogar fora de casa diante de uma torcida tão forte quanto a do Espectros, como acontecerá neste domingo no Brasil Bowl IX.

No entanto, o jogador nega o clima de revanche: “Nós estávamos campeões, agora, nós não somos campeões. É um novo campeonato, novos times, novas contratações”, analisou o destaque do time mineiro.

Mega continua prometendo um show para o público, conclamando ambos os times para mostrar o melhor do FABR em campo: “Essa ansiedade tem que ter mesmo, se perder o friozinho na barriga, acabou o esporte. Mas agora, a palavra vai ser diversão. Vamos jogar de igual para igual, assim como o Espectros vai jogar de igual para igual. Então, a palavra é diversão. É fazer o show para quem for no estádio assistir, o público que ligar no BandSports e tentar fazer o melhor nível de futebol americano do Brasil” (confira entrevista em nosso canal do Youtube).

Os números do Espectros

Dono do Nordeste, o João Pessoa Espectros venceu sua nona disputa regional desde que disputas deste tipo foram instauradas na região. Na Conferência Nordeste da BFA 2018, o time foi novamente absoluto, com seis vitórias, 305 pontos feitos (segundo melhor ataque) e 52 tomados (melhor defesa) na fase regular.

Nos playoffs, o time derrotou o Ceará Caçadores (por 40 a 00) e o rival regional Recife Mariners (39 a 03) na final da Conferência Nordeste. Na semifinal nacional, o time derrotou o Tubarões do Cerrado em Brasília por 19 a 00, marcando uma pós-temporada em que a defesa não tomou touchdown (confira o compacto da semifinal em nosso YouTube).

O destaque da equipe é o kicker Diego Aranha, que errou apenas um ponto-extra em toda a temporada (42 acertos em 43 tentativas).

> Confira a campanha do Espectros em 2018

A “revanche”

No ano passado, em Belo Horizonte, o João Pessoa Espectros viajou para enfrentar o Sada Cruzeiro pelo Brasil Bowl VIII. Os paraibanos saíram derrotados de Minas Gerais. Hoje, jogando em casa, o time encara o mesmo elenco, que agora defende as cores do Atlético Mineiro.

Se o sentimento não é de uma revanche por parte dos mineiros, é sim do lado do time paraibano, como destaca o wide-receiver Heron Azevedo, recordista de touchdowns em recepções pela Seleção Brasileira (seis, junto com Rodrigo Pons): “É uma espécie de revanche, o time mudou de nome, mas são os mesmos jogadores, uma boa parte da comissão técnica, então a gente sente esse clima de revanche ainda” (confira a entrevista em nosso canal do YouTube).

E para conseguir essa revanche contra os mineiros, o Espectros conta com a força de sua torcida. Confira o vídeo do lance que deu o título nacional à equipe, em 2015. Com o relógio zerado, o quarterback Rodrigo Dantas passou para Diego Nascimento marcar o touchdown da virada por 23 a 22 contra o Coritiba Crocodiles.

TD do título do Espectros: Brasil Bowl 2015

ISSO É TOUCHDOWN: A INCRÍVEL VIRADA DO TÍTULO DOS ESPECTROSSem censuras ou cortes, acompanhe o lance da incrível virada do João Pessoa Espectros na Paraíba contra o Coritiba Crocodiles: relógio zerado, 22 a 17 para os paranaenses, Rodrigo Dantas executa o passe e Diego Nascimento deu um joelho pelo título!Os campeões brasileiros de 2015 pela CBFA fazem sua estreia fora de casa neste domingo, contra o Ceará Caçadores, no estádio Presidente Vargas, às 16h.#futebolamericano#SalãoOvaléFABR

Posted by Salão Oval on Wednesday, July 6, 2016

Todos os Campeões do Brasil Bowl

2010 – Cuiabá Arsenal

2011 – Rio de Janeiro Imperadores

2012 – Cuiabá Arsenal

2013 – Coritiba Crocodiles

2014 – Coritiba Crocodiles

2015 – João Pessoa Espectros

2016 – T-Rex

2017 – Sada Cruzeiro / Relembre o Brasil Bowl VIII em nosso Youtube

Todos os campeões do Torneio Touchdown

2009 – Rio de Janeiro Imperadores

2010 – Vila Velha Tritões

2011 – Corinthians Steamrollers

2012 – Corinthians Steamrollers

2013 – Jaraguá Breakers

2014 – Vasco Patriotas

2015 – T-Rex

Brasil Bowl IX: Assista ao vivo no Youtube da BFA ou no BandSports, às 16h (horário de Brasília)

Serviço – Brasil Bowl IX: João Pessoa Espectros x Galo FA

Quando: domingo, 16 de dezembro, às 15h (horário local) / 16h (horário de Brasília)

Onde: Estádio Almeidão, João Pessoa

Ingressos: no local – R$ 20,00 / R$ 10,00 (meia)

COMPARTILHAR
Artigo anteriorOs números da pós-temporada da BFA
Próximo artigoEm final eletrizante, Galo FA vira o jogo e conquista o Brasil Bowl IX
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here