Espectros vence Tubarões em Brasília e chega a mais um Brasil Bowl

2
1400
Sport America

Na segunda semifinal nacional da BFA 2018, o João Pessoa Espectros viajou até Brasília para encarar os campeões do Centro-Oeste, Tubarões do Cerrado. Os brasilienses buscaram expandir ainda mais essa que já era a melhor campanha da história do time e foram pra campo buscando a primeira final nacional. Porém, o representante do Centro-Oeste não foi páreo diante dos paraibanos, perdendo o jogo por 19 a 00.

Com o resultado, Espectros conseguiu mais um feito, vencendo seu primeiro jogo fora do Nordeste, depois de quatro derrotas seguidas. Assim, o time chega à sua quinta decisão nacional, no intuito de entrar para o hall de bicampeões brasileiros de futebol americano.

O jogo

Logo na primeira campanha, o Tubarões mostrou como seria a tônica de seu ataque durante o primeiro tempo. Com diversas tentativas de corrida pelo meio, a grande maioria das jogadas foram neutralizadas pela forte linha defensiva dos paraibanos, resultando em poucos avanços pelos donos da casa.

Já os visitantes, tiveram mais competência em mover as correntes e em sua primeira campanha já encontrou o caminho para endzone. Depois de chegar a redzone com corridas de Heron Azevedo e do americano Oshay Dunsmore, Jonatha Carvalho recebeu o handoff, escapou do tackle de Morjube e acelerou para o touchdown. Aranha errou o extra-point, deixando o placar em 6 a 0.

O Tubarões continuou explorando o jogo terrestre e se aproveitou de faltas consecutivas da defesa paraibana para chegar ao campo de ataque. Mas mesmo assim, o Espectros continuava liderando a batalhas nas trincheiras, obrigando os brasilienses a devolver a bola novamente.

A defesa do Tubarões não ficou para trás e também forçou um punt do Espectros. Mas a equipe de especialistas rubro-negra se negava a deixar o ataque adversário em boa posição, efetuando bons chutes de devolução e deixando os candangos com a costas na parede.

Com pouco espaço de campo, o ataque continuou sofrendo com a forte pressão da defesa adversária. Depois de duas perdas de jardas, uma corrida de Bruno Hitman tirou o time do buraco, mas logo depois foram para outro punt.

O ataque paraibano voltou para campo e com conexão entre Rodrigo Dantas e Heron, chegou próximo ao meio de campo. Mostrando versatilidade de seu playbook, Oshay atuou como quarterback em passe curto para Callus Cox. O americano emendou um corrida de 20 jardas deixando o time no campo de ataque. Longe da endzone, o time de João Pessoa decidiu arriscar um difícil field goal de 58 jardas. O chute não teve força suficiente, mantendo o placar com estava.

Antes do intervalo, o Espectros conseguiu emplacar outra campanha produtiva, incluindo grande corrida do running back Jonatha para first down. Diego Aranha teve a chance de chutar outro field goal, agora de uma distância mais curta. O kicker não desperdiçou a e colocou a bola para dentro, aumentando a vantagem em duas posses. 9 a 0.

No terceiro quarto, o Tubarões soube corrigir seus erros na defesa, tendo menos dificuldade em parar as corridas do Espectros. Callus Cox sentiu essa pressão e sofreu um fumble ainda no campo de defesa. Por sua sorte, seu companheiro Oshey foi mais rápido e recuperou a bola.

Cada vez mais distante do placar, o ataque brasiliense decidiu então variar um pouco suas jogadas utilizando um pouco mais de seu jogo aéreo. A tática deu certo de início, resultando em uma grande conexão entre Lucas Tojal, fugindo do sack, e Bruno Hitman que, livre, encontrou espaço espaço para percorrer mais de vinte jardas, ficando próximo ao meio de campo.

Mas algumas jogadas depois, o mesmo Tojal decidiu ir mais longe, buscando o recebedor Sedrick próximo a endzone em um passe em profundidade. Bem marcado por dois defensive backs, quem levou a melhor foi Cox, conseguindo a interceptação e minando a campanha adversária.

No último quarto, o Tubarões se manteve agressivo, utilizando de forma mais constante seu quarterback em jogadas de passe. No início de mais um drive, Tojal conseguiu outra conexão, agora curta com Hitman, mas a jogada foi anulada devido a um holding do próprio time. À seis jardas da própria endzone, Tojal foi rapidamente pressionado e teve que forçar um passe curto. A bola passou do recebedor desejado, e chegou nos braços de Oshay, que com poucos passos cruzou a goal line, concluindo a pick-six. Diego Aranha acertou seu primeiro ponto extra. 16 a 00.

Próximo da vitória, o próprio Aranha teve a oportunidade de fechar o placar colocando mais um field goal pra dentro e deixando o placar em 19 a 00. Depois do two minute warning, o Tubarões ainda teve sua chance derradeira de colocar pontos no placar, mas sem conseguir escapar da forte marcação da secundária paraibana, tentou uma última jogada por terra, o chamado rugby, mas sem conseguir muitas jardas, confirmando a vitória dos visitantes. Placar final: 19 a 00 João Pessoa Espectros.

Brasil Bowl

Com a vitória fora de casa, João Pessoa sediará o Brasil Bowl pela terceira vez na história. Em 2013, os paranaense do Coritiba Crocodiles venceram os Espectros por 24 a 13, conquistando seu primeiro título. Já em 2015, no terceiro confronto entre as duas equipes, foi a vez dos donos da casa levantar a taça por 23 a 22.

Desta vez, o adversário será o forte e invicto Galo FA, que venceu o Timbó Rex por 14 a 10 nas semifinais e busca seu primeiro título vestindo as cores do Atlético Mineiro. A decisão será no dia 16 de dezembro, domingo, no estádio Almeidão, mesmo local do título nacional paraibano, em 2015.

Confira o lance decisivo do Brasil Bowl VI, no Almeidão, em 2015

TD do título do Espectros: Brasil Bowl 2015

ISSO É TOUCHDOWN: A INCRÍVEL VIRADA DO TÍTULO DOS ESPECTROSSem censuras ou cortes, acompanhe o lance da incrível virada do João Pessoa Espectros na Paraíba contra o Coritiba Crocodiles: relógio zerado, 22 a 17 para os paranaenses, Rodrigo Dantas executa o passe e Diego Nascimento deu um joelho pelo título!Os campeões brasileiros de 2015 pela CBFA fazem sua estreia fora de casa neste domingo, contra o Ceará Caçadores, no estádio Presidente Vargas, às 16h.#futebolamericano#SalãoOvaléFABR

Posted by Salão Oval on Wednesday, July 6, 2016

Sport America

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here