Tubarões vence duelo candango e recebe Hornets na final

2
521
Foto: Paulo Henrique Cruz

Fechando a primeira fase dos playoffs da BFA 2018, Tubarões do Cerrado e Leões do Judá fizeram o duelo brasiliense valendo vaga à final da Conferência Centro-Oeste. Com bom trabalho de seu quarterback, o Tubarões levou a melhor por 26 a 11 e garantiu a classificação à próxima fase.

O jogo

Ao início do jogo, pelo lado dos Leões, todas as campanhas ofensivas foram concentradas no jogo terrestre. Diante de um eficiente corpo de linebackers e uma forte linha defensiva, o time pouco conseguiu avançar no primeiro quarto.

Já o Tubarões soube impor o seu ataque com um boa distribuição de passes de seu quarterback Lucas Tojal, passador com o terceiro maior número de touchdowns lançados na temporada regular, 14.

A três jardas da goal line, em play action bem executado, Tojal encontrou Ewander Nunes “B1” na endzone para concluir o touchdown. Victor Fialho não hesitou e anotou seu primeiro extra-point – 7 a 0.

No final do segundo quarto, o Leões conseguiu finalmente um avanço maior e se encontrou em posição de tentar um field goal. Mesmo com pedidos de tempo do head coach adversário, o kicker Fabrício Damásio não decepcionou e acertou o chute de 27 jardas, diminuindo a diferença no marcador – 7 a 3.

O ataque dos Leões se manteve unidimensional, com raras tentativas de passe, porém, no início do segundo tempo, o quarterback Bruno Cavalcante “Brunnigga” se livrou da pressão e encontrou o running back Dadau disponível a sua frente. O corredor fez a recepção, efetuou bons cortes e arrancou pela esquerda até a endzone. Extra-point não convertido – 7 a 9.

Logo o Tubarões respondeu na mesma moeda, e depois de um offside adversário, Lucas Tojal aproveitou a jogada livre e lançou em direção ao wide receiver Sedrick Pereira, livre para entrar na endzone. Fialho acertou seu segundo chute de bonificação – 14 a 09.

Sem avanços por parte dos Leões, o ataque do Tubarões voltou a campo, mas desta vez Lucas Tojal sofreu mais uma interceptação, ainda no meio de campo.

O quarterback não tardou em se redimir e em uma jogada semelhante à última pontuação, aproveitou uma free play e conectou novamente com Sedrick para seu terceiro touchdown. Desta vez, Fialho sentiu a pressão e acabou errando o ponto-extra – 20 a 09.

No último quarto, Tojal ainda repetiu a parceria com Sedrick e em um passe em profundidade, fez seu quarto aéreo do jogo. Fialho teve seu chute bloqueado e com retorno dos Leões, mas sem chegar muito longe – 26 a 09.

Com menos de dois minutos no relógio, o Leões ainda teve a última posse de bola, depois de Augusto Oliveira “Bus” forçar um safety, colocando dois pontos no marcador. Porém, o quarterback Filipe Alvim não conseguiu avançar. Brunniga ainda foi interceptado, decretando a vitória do Tubarões do Cerrado. Placar final, 26 a 11.

Playoffs

Com o resultado, o Tubarões se manteve invicto na competição, com sete vitórias, e chega novamente à final da conferência Centro-Oeste, sua melhor campanha na história. Diferente de 2017, o time de Brasília decidirá a vaga à semifinal nacional em casa, recebendo o Sorriso Hornets.

> Confira o panorama dos playoffs da BFA 2018

Sport America

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here