Chuva atrapalha, mas Rex derrota Soldiers e avança

2
876
O jovem running back Karl Henrry, revelado pelo Cuiabá Arsenal e atual vice-campeão brasileiro sub-19 pela Seleção Mineira, fez o único touchdown da partida entre Rex e Santa Maria Soldiers Foto: Richard Ferrari

Campo pesado, alagado e muita chuva. Nada que os times catarinense não estejam acostumados nesta época do ano. Mas para uma partida de playoffs, onde o tudo ou nada está literalmente em campo, o favoritismo do T-Rex contra o Santa Maria Soldiers esteve abalado por alguns momentos da partida.

Mais eficiente, no entanto, os anfitriões conseguiram vencer a partida por 10 a 0 em Timbó e avançam para a final da Conferência Sul da BFA 2018, eliminando os gaúchos da competição. Os catarinenses, invictos na principal competição nacional do futebol americano, aguardam a definição do clássico paranaense deste domingo para conhecer o seu próximo adversário.

O jogo

Muita chuva e um campo em que partes havia muito mais água do que grama. O partida começou equilibrada, mas com os donos da casa ocupando muito mais o terreno de ataque (por coincidência, menos alagado) do que os visitantes. E a chuva fez sua primeira jogada ao escorregar das mãos de Karl Henrry, running back do Rex.

O fumble foi recuperado pelo Soldiers, que começou o segundo quarto no ataque. O jogo continuou sem grandes acontecimentos, com o Soldiers conseguindo avançar um pouco mais para o campo de ataque. Em uma das tentativas, próximo ao two minute warning, o quarterback Douglas Rodrigues tentou um passe mais longe e acabou interceptado por Arthur De Lucca, defensive back do time catarinense (com passagens pelo Storm e Portuguesa).

No ataque, Bassani resolvou conseguir o maior avanço do jogo, com uma corrida de quarenta jardas. O time da casa chegou à redzone após uma falta de violência ao passado feita pelos gaúchos. Faltando 12 segundos para o fim do primeiro tempo, o Rex arriscou um field goal longo, de 44 jardas, em um campo alagado e abriu o placar com Ramon Verdugo (substituindo o lesionado Diego Boddenberg) – 3 a 0 Rex.

A defesa do Rex começou agressiva e decisiva no terceiro quarto. Com um sack-fumble coletivo sobre Douglas Rodrigues, os defensores colocaram o ataque anfitrião na jarda 12 da ofensiva. Após nova corrida importante do quarterback Bassani, o time chegou na jarda 1.
Incrivelmente, um bad snap possibilitou a recuperação da bola pelo Soldiers na mesma posição. A defesa catarinense retornou a campo e pressionou os gaúchos a voltarem meia jarda. Dento das circunstâncias, o punt que levou o Rex a atacar do meio-campo foi uma boa jogada do Soldiers.

O último quarto chegou e o Soldiers estava decidido a tentar virar o jogo. Com bons avanços corridos e bons bloqueios de sua linha ofensiva, o time chegou à redzone. Após um timeout e um atraso de jogo, um bad snap complicou a melhor chance gaúcha no jogo até ali. Na tentativa de field goal, o special teams do Rex também mostrou estar bem no jogo e evitou o empate.

Na campanha seguinte, finalmente um touchdown na partida. Na redzone, Bassani acionou o running back Karl Henrry, que correu nove jardas e ampliou – Ramon completou com um bom chute e colocou 10 a 0 no placar.

> Confira como estão os playoffs da BFA 2018

Sport America

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTritões derrota Locomotiva e chega à final da Conferência Sudeste
Próximo artigoEspectros derrota Mariners e é dono do Nordeste de novo
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here