Humildade une ícones de Templários e Arsenal

1
134
Igor Mota retorna ao Cuiabá Arsenal depois de passagem pelo Sada Cruzeiro em 2017 Foto: Victor Francisco / Salão Oval (em 2016)

Brasília Templários e Cuiabá Arsenal são os extremos da Conferência Centro-Oeste no quesito tradição. Enquanto os anfitriões do jogo deste sábado estão participando de sua primeira investida na elite do esporte, os visitantes são bicampeões nacionais (2010 e 12) e o principal pilar do futebol americano na região. No entanto, neste momento, um outro quesito os une – a humildade

Gratidão por participar

A humildade do Brasília Templários está no reconhecimento de suas limitações na estreia da BFA. O head coach, presidente e jogador Leandro “Bandana”, que atuou por anteriormente no Tubarões do Cerrado, apontou para este cenário: “Chegamos à última rodada para o Templários na BFA. Nos sentimos honrados e felizes por estar na elite e também por ter concluído o campeonato, que para uma equipe tão jovem como a nossa é um grande desafio. Estamos esperançosos que o ano que vem seja diferente e melhor”.

O Templários não corre risco de rebaixamento, já que tem uma vitória na tabela de classificação, contra o Goiânia Rednecks. A equipe de Goiás desistiu da competição a 16 dias de seu início e assim, sua vaga será dada para o representante da região vindo da Liga Nacional.

Auto-crítica e objetividade

Ícone do Cuiabá Arsenal e da Seleção Brasileira, o capitão e linebacker Igor Mota mostra um outro lado da humildade: o da auto-crítica em busca da objetividade. O Arsenal não vem em um bom ano, mas mesmo assim, é favorito para derrotar o Brasília Templários, algo que Igor refuta.

“Então, o termo “favorito” deixo para imprensa. Não entro em jogo pensando em favoritismo. Entro pensando no que precisamos fazer para vencer. Não será diferente contra o Templários. Sabemos da nossa realidade. Estamos indo para mudá-la. Estamos trabalhando para mudá-la. Então será mais um teste para vermos o quanto estamos progredindo ou não”, diagnosticou o jogador que foi o único brasileiro a ser eleito na Seleção dos melhores do Mundial de Ohio em 2015.

Para o Arsenal, a vitória interessa para que a equipe mantenha boas chances de avançar para os playoffs, mas ainda depende de outros resultados. Na Conferência, os quatro primeiros avançam.

> Confira agenda, resultados e classificação da Conferência Centro-Oeste

Serviço: Brasília Templários x Cuiabá Arsenal – BFA

Quando: Sábado, 29 de setembro, às 11h

Onde: Universidade Católica de Brasília

Entrada franca

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSem ser decisivo, Corinthians “volta” a encarar Flamengo
Próximo artigoAgenda FABR – 29 e 30 de Setembro
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here