Cavalaria atropela Tropa em noite de Elijah Freeman

1
558
Elijah Freeman e o head coach Armando Chaves comemoram a maiúscula vitória em casa Foto: Luciano de Araujo

O time baiano soltou os cavalos quase que literalmente sobre o Tropa Campina na partida de hoje, sábado (18), em Salvador. Uma maiúscula vitória do Cavalaria 2 de Julho foi turbinada por seu quarterback americano, Elijah Freeman, que fez sete touchdowns (seis de passe e um correndo) e foi o grande responsável pelo placar final de 48 a 06.

E o que turbinou Elijah foi algo inesperado, até para nós – a prévia do Salão Oval: “O jogo foi inspirador. Os adversários falaram antes do jogo, em entrevista ao Salão Oval, que a parte mais difícil seria a viagem. Achamos isso desrespeitoso. Combinamos que não seria a distância o mais difícil e sim o que aconteceria em campo. Fomos físicos e fizemos um grande trabalho”, declarou Freeman a Luciano de Araújo, que nos enviou informações direto de Salvador.

O jogo

O Cavalaria abriu o placar logo na primeira campanha. Na redzone, o quarterback americano Elijah Freeman encontrou o wide-receiver Vitor Brito para marcar pelo meio. Extra-point confirmado e 7 a 0 no placar para o time da casa.

Os baianos ampliaram na campanha seguinte com novo passe de Elijah, desta vez para Felipe Nunes. O ponto-extra não foi confirmado e os baianos ampliaram para 13 a 0. Ainda no primeiro quarto, o americano achou outro recebedor na endzone, Felipe Ronaldo. Com a confirmação do ponto-extra, o placar marcava 20 a 0 para o Cavalaria.

Antes de começar o segundo quarto, os visitantes foram impedidos de avançar pela certeira interceptação do free safety Daniel Romero.

O segundo quarto repetiu a receita do primeiro: avançando com facilidade até a redzone, os baianos usavam os passes preciso de Freeman para marcar. Novos dois touchdowns de passe novamente com Vitor Brito e Felipe Nunes.

Os visitantes reagiram também pelo ar, com o quarterback Rafael Almeida conectando com o wide-receiver americano Martin McCoy, sem confirmação do ponto extra: 33 a 6 para o Cavalaria.

Antes do apito que decretou o intervalo, o time casa ainda levou mais dois pontos, com um safety contra o ataque adversário: 35 a 06.

Depois de tantos passes para touchdown, Elijah resolveu ele mesmo correr para a endzone para ampliar já no terceiro quarto – 42 a 06 (com ponto extra confirmado). O intervalo trouxe consigo uma leve chuva, que perdurou até o começo do quarto quarto.

Se a água não caia mais nos últimos 12 minutos regulamentares da partida, o que caiu do céu mais uma vez foi um passe de Elijah Freeman para Felipe Ronaldo, que deu números finais à partida – 48 a 06.

Próximos jogos

O Cavalaria 2 de Julho volta a enfrentar o Recife Mariners, desta vez, em Pernambuco: “O próximo jogo em Recife contra o Mariners será como um jogo de playoffs para nós. Temos que trazer o nosso nível máximo de jogo para essa partida”, analisou o quarterback Elijah Freeman.

Já o Tropa Campina, após a terceira derrota, terá uma difícil tarefa de tentar o primeiro triunfo ao receber em casa o João Pessoa Espectros.

Com Luciano de Araújo

> Saiba mais sobre a agenda de jogos, resultados de classificação da Conferência Nordeste

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTubarões aplica novo placar elástico no DF
Próximo artigoImplacável, Crocodiles derrota Breakers em Curitiba
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here