Portuguesa vira em cima do Weilers e é tricampeã da SPFL

7
293
A Portuguesa FA e seus três troféus da SPFL Foto: Victor Francisco / Salão Oval

Uma dinastia. Isso é o que se pode dizer da Portuguesa Futebol Americano no que diz respeito à São Paulo Football League (SPFL). Em três temporadas da principal liga da modalidade no estado de São Paulo, a equipe rubro-verde jamais foi derrotada, e por mais que o Rio Preto Weilers tenha sido um adversário perspicaz, não foi desta vez que o reinado da Lusa chegou ao fim.

Como foi o jogo

O Rio Preto Weilers foi um adversário a altura: levou consigo uma empolgada torcida que cantou do inicio ao fim, e com muitos motivos, afinal de contas, o time do interior paulista começou arrasador, e abriu o placar com um touchdown marcado por Wilmer.

A Portuguesa igualou o placar ainda no primeiro quarto, com passe do quarterback Catullo para recepção de Paulinho dentro da endzone.

Os primeiros doze minutos já deixou claro que seria um jogo decidido nos detalhes. E foram detalhes que definiram a pequena vantagem para a equipe de Rio Preto no segundo quarto: Cody Lamoreaux sofreu fumble, mas a Portuguesa não aproveitou a oportunidade para virar o jogo. Já o americano Cody fez questão de se recuperar em grande estilo, e anotou um touchdown, colocando o Weilers novamente na frente do placar.

Dentro dos dois minutos finais do segundo quarto, foi a vez de Maxwell não segurar a bola após um punt da Portuguesa, cedendo uma chance do time rubro verde começar uma nova campanha no campo de ataque, e Cristian anotou o touchdown que deixou em apenas um ponto a diferença no placar, 14 a 13 a favor da equipe do interior.

No segundo tempo, novamente Cody aumentou a vantagem a favor do Weilers com mais um touchdown – uma incrível corrida de 70 jardas. Mas, alguns lances depois, o camisa 3 do time de Rio Preto se machucou, e ficou de fora do restante da partida.

Never Give Up – Cody Lamoreaux

NEVER GIVE UP – CODY LAMOREAUXCody J. L'aMour Lamoreaux não conseguiu ser campeão da SPFL – São Paulo Football League. Mas o touchdown mais bonito da final foi feito pelo americano, que mostrou muita técnica e uma raça infinita na jogada!

Posted by Salão Oval on Sunday, July 22, 2018

Enquanto isso, a Portuguesa resolveu reagir, e ainda no terceiro quarto, voltou a diminuir a diferença, com mais um touchdown anotado pelo camisa 81, Paulinho, deixando o placar em 21 a 19 para o Rio Preto Weilers.

Nos doze minutos finais, a tarefa do Rio Preto Weilers não era das mais fáceis: desfalcados de seu principal jogador, teriam que segurar o atual bicampeão invicto e empolgados com a possibilidade de virada. E a Portuguesa conseguiu, enfim, ficar na frente do placar em passe de Catullo para Seiya dentro da endzone.

O Weilers até tentou reagir, mas não conseguiu avançar, e novamente com a posse de bola, ficou fácil para a Portuguesa gastar o tempo e garantir o seu terceiro título estadual consecutivo, e todos de forma invicta. De fato, uma dinastia!

Com IRA Comunicação

> Saiba tudo sobre a edição 2018 da SPFL

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHeron deita e rola em vitória do Espectros
Próximo artigoBulls vence clássico potiguar na Arena das Dunas
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

7 COMENTÁRIOS

  1. Pessoal, acompanho o site sempre que posso. Me interesso pelos jogos da Liga nacional bem como a americana (nfl) mas acredito que este tricampeonato da portuguesa mereça um destaque maior de vcs. Concordam?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here