Soldiers domina e vence Istepôs na estreia

3
529
Douglas Rodrigues (#15) é o quarterback que comanda o ataque gaúcho Foto: Twitter Soldiers

Engrenado, entrosado e dominante. Com uma defesa que deu poucos espaços para os catarinense, um ataque eficiente e um special teams que não falha, o Santa Maria Soldiers não deu chances para o São José Istepôs na estreia da BFA e venceu de forma incontestável por 49 a 14.

Como foi o jogo

Com uma forte defesa, o Soldiers forçou erros do Istepôs e já conseguia se posicionar bem com o ataque para pontuar. No primeiro quarto, o time fez dois touchdowns: um corrido, com o running back Guilherme Busanello, e outra no passe do quarterback Douglas Rodrigues para o wide-receiver Fabiano Vargas, em conexão de 15 jardas – com extra-points de Faé e Fabrício Santana, respectivamente, o placar de 14 a 00 foi assegurado.

No segundo quarto, o script se repetiu, mas com a defesa pontuando diretamente – após fumble forçado, a bola foi levada até a endzone por Gabriel Montagner (ex-T-Rex, reforço para a temporada). Extra-point de Santana e 21 a 00 no Presidente Vargas.

No primeiro touchdown em que o ataque teve que avançar, o Soldiers não teve problemas. Nathan Dias recebeu ainda no campo de defesa e avançou 70 jardas para decretar o placar do primeiro tempo: 28 a 00 Soldiers.

O Istepôs entrou na partida no jogo aéreo, com um passe longo para o wide-receiver Cabelo: 28 a 07 Soldiers. No entanto, o placar do primeiro tempo foi de 35 a 07, após touchdown no passe de Douglas Rodrigues para o wide-receiver Luis Becker.

Em um terceiro tempo em que os ataques sofreram com as defesas, os times tentaram improvisar. Já nos últimos 12 minutos, o Istepôs tentou um fake punt que deixou o Santa Maria Soldiers no ataque já na jarda 28. Monstrando a sua versatilidade, o defensive end Zanon alinhou como tight-end e recebeu passe na endzone para ampliar – no placar, Soldiers 42 a 07.

O Istepôs tentou reagir, mas a defesa do Santa Maria Soldiers esteve praticamente perfeita com Chelotti marcando em uma pick six. Mais um extra-point convertido por Santana e 49 a 07 para os gaúchos. Os visitantes ainda marcaram o derradeiro touchdown na corrida do quarterback Mazzola, mas já era tarde para qualquer tentativa real de reação: fim de jogo, Soldiers 49 a 14.

O que vem por aí

Na próxima rodada, o Soldiers visita o Paraná HP, enquanto o Istepôs recebe em Santa Catarina o outro paranaense, o Coritiba Crocodiles.

> Confira o panorama da Conferência Sul

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCroco e HP é o clássico de abertura da BFA
Próximo artigoAmericano usa Pokemon para dar vitória ao Locomotiva
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

3 COMENTÁRIOS

  1. […] Na primeira rodada da BFA, as duas equipes tiveram estreias bem diferentes. O Croco reencontrou o adversário da final estadual, o Paraná HP, e venceu os rivais por 21 a 00. Já o Istepôs viajou até o Rio Grande do Sul para enfrentar o Santa Maria Soldiers. A defesa, conhecida por não sofrer muitos pontos, acabou cedendo e os catarinenses perderam por 49 a 14 em uma bela partida do quarterback gaúcho Douglas Rodrigues. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here