Guia da BFA 2018 – Conferência Sudeste

23
577

A Conferência Sudeste é a maior da BFA mesmo tendo perdido o desistente de última hora, o ex-caçula Juiz de Fora Imperadores. Com nove equipes, a busca pelas quatro vagas dos playoffs é ainda mais acirrada. Fica ainda pior se considerarmos que uma delas já tem dono: o Galo Futebol Americano.

Com um elenco que poderia ser da Seleção Brasileira, o time alvinegro tem as peças do Campeão Brasileiro Sada Cruzeiro com novos reforços, como Marcus Bunn, Duzão e Rudá.  Três, que a exemplos de outros nove que já estão por lá, com passagens pelo Brasil Onças.

Neste cenário, quaisquer dos outros oito times da conferência podem ficar com as outras três vagas, já que possuem uma tradição considerável no esporte. Quem ficará de fora entre Flamengo Imperadores, Vasco Patriotas, Botafogo Reptiles, América Locomotiva, Tritões FA, Portuguesa FA, São Paulo Storm e Corinthians Steamrollers?

> Confira a tabela da Conferência Sudeste da BFA

> Guia da BFA – Conferência Centro-Oeste

> Guia da BFA – Conferência Sul

> Guia da BFA – Conferência Nordeste

Os times

América Locomotiva
Cidade: Belo Horizonte/MG
Fundação: Março de 2006
Campanhas: 5º colocado conferência Leste (Superliga 2016) Quartas-de-final (TTD 2013)
Última Temporada: [0-5] 9º colocado conferência (5º Grupo Leste)
Jogadores destaques: Gute (quarterback), Thiago Paranhos (running back) e Talon Roggasch (wide-receiver americano, ex-Caçadores, e reforço para a temporada)

Reforços: offensive lineman: Marcos Guerra “Turtle” (ex-T-Rex) e Marcos Bento “Black” (ex-Uberlândia Lobos); wide-receiver: Fabrício Rocha (ex-JF Imperadores); e defensive back: Mário Cabral (ex-JF Imperadores).

O América Locomotiva é uma das equipes mais antigas do Brasil, três vezes campeã mineira e atual vice-campeã. No entanto, nos palcos nacionais, ainda não conseguiu o mesmo status que tem em Minas Gerais. Com um futebol americano que evoluiu da BFA passada, o time pode surpreender na busca por uma das vagas aos playoffs.

“Nosso objetivo é manter a equipe em evolução constante e sabemos que estamos caminhando na direção correta. O Locomotiva é uma equipe competitiva e com histórico vitorioso. Em todas as competições que disputamos nosso objetivo é vencer. Estamos nos preparamos da melhor forma possível para encarar os desafios da BFA 2018”, sentenciou o head coach Leonardo Bahmed.

> Confira a tabela do América Locomotiva na BFA 2018

Botafogo Reptiles
Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Fundação: 1999
Campanhas: Semifinal conferência (2017 e 2016), Semifinal (TTD 2014)
Última Temporada: [3-3] Semifinal conferência
Jogadores destaques: Ramon “Mamão” Martire (quarterback), Loan Felisardo (cornerback/wide-receiver), Patrick Dutton (wide-receiver), Felipe Marques (defensive lineman) e Dasman McCullum (ex-Eagles e Redskins, defensive lineman e linebacker americano, reforço para a temporada)

Rei das praias brasileiras e um dos times mais tradicionais do Brasil, o Reptiles vem para mais uma temporada tentando chegar ao posto mais alto do futebol americano nacional. E em 2018, com os reforços supracitados, o time apostou alto para poder conseguir.

“O time precisava de reforços nas posições deles (Mamão, Patrick e Felipe). Nada melhor do que ter jogadores com passagens pela seleção (e ex-NFL) no seu time. A competição interna se torna muito boa e promove uma evolução maior do time”, esclareceu Duda Duarte, head coach do time carioca.

> Confira a tabela do Botafogo Reptiles na BFA 2018

Corinthians Steamrollers
Cidade: São Paulo/SP
Fundação: Março de 2006
Títulos: Dois títulos nacionais (2011 e 2012, invictos no Torneio Touchdown)
Última Temporada: [1-4] 8º colocado conferência (4º Grupo Oeste)
Jogadores destaques: Matheus Torres (quarterback), Tulio Poletti (defensive lineman) e Bruno Arthur (Safety)

Bicampeão nacional nos primórdios do futebol americano nacional, o Corinthians Steamrollers vem sofrendo para chegar aos playoffs nos últimos anos. Sempre apostando em novos jogadores de sua enorme base, o time busca evolução para tentar chegar ao mata-mata na BFA em 2018.

“Traçamos uma linha de evolução para o ano, que acompanha a dificuldade dos adversários e das competições. Nosso objetivo é fazer uma campanha melhor que ano passado e continuar a evolução dos atletas. Não contratamos ninguém, nem estrangeiros. Vamos trabalhar com esse grupo jovem para que eles ganhem experiência e aprendam cada vez mais como se disputa jogos duros de FA”, explicou Fabio Marin, head coach do Corinthians Steamrollers.

> Confira a tabela do Corinthians Steamrollers na BFA 2018

Flamengo Imperadores
Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Fundação: 2008
Títulos: Bicampeão Nacional (TTD 2009 e CBFA 2011)
Última Temporada: [2-3] 7º colocado conferência (3º Grupo Oeste)
Jogadores-destaques: Rafael “Double F” (running back), Jow e Denis (defensive linemen)

Somando a experiência de décadas de muitos de seus componentes, como do coordenador defensivo e mestre linebacker Ival Maziero, o presidente Felipe Cebola e o coordenador ofensivo Thiago Prates, o Flamengo Imperadores tem agora uma mescla forte com jovens jogadores. E a mistura já deu resultado no primeiro estadual do Rio de Janeiro em que Vasco e Flamengo participaram, com o rubro-negro vencendo seu rival na decisão.

“No começo, tínhamos receio que o Estadual pudesse trazer maiores riscos de lesões aos atletas. Em compensação, ele aumentou o nosso ritmo de jogo. Então, nosso time que se mostrava um pouco mais apático no começo dos Campeonatos Nacionais, já estava com um maior volume de jogo próximo ao final do Estadual”, diagnosticou Ival.

> Confira a tabela do Flamengo Imperadores na BFA 2018

Galo Futebol Americano
Cidade: Belo Horizonte/MG
Fundação: 2009
Títulos: Campeão Nacional (2017)
Última Temporada: [9-0] Campeão Nacional
Jogadores destaques: Álvaro Fadini (quarterback), Dhiego Taylor (center), Victor Hugo “Mega”, Raphael da Cruz (cornerback), Luis Polastri (linebacker), Andrew Bernardini (safety), Parris Lee (running back) e Paul Morant (defensive back) – os dois últimos, são americanos.

Principais reforços: Linebacker: Luis Polastri (ex-T-Rex e Koc Rams – Turquia), Defensive Lineman: Duzão (ex-Cuiabá Arsenal), Wide-receiver: Rudá (ex-Vasco Patriotas)

Se o elenco que estava no Sada Cruzeiro (e foi campeão nacional em 2017) já estava recheado de estrelas nacionais do esporte, agora, além de novos reforços, o time também conta com a evolução de seus pratas da casa. Jogadores como Sagat e Conrado (wide-receivers) já estão com um nível técnico praticamente no patamar das estrelas da Seleção Brasileira. Mas será que o grande favoritismo da equipe para o título nacional pode atrapalhar?

“A mensagem aqui é clara: o jogo só é ganho dentro do campo. O jogo são 11 contra 11 e um contra um. Não adianta ter nome. Nosso objetivo é ser o melhor time que pudermos ser. Nosso foco tem que estar na gente e o que podemos melhorar. Não podemos trazer esse favoritismo apontado pela mídia”, analisou o head coach Lex Braga.

> Confira a tabela do Galo FA na BFA 2018

Portuguesa FA
Cidade: São Paulo/SP
Fundação: 2005
Melhor Campanha: Final de conferência (2016)
Última Temporada: [3-2] 6º colocado conferência (4º Grupo Oeste)
Jogadores destaques: Catullo Góes (quarterback), Vinícius Seiya (wide-receiver), Nichollas Danziger (offensive lineman) e Gabriel Pitta (linebacker).

Dominante em São Paulo nos últimos dois anos, a Portuguesa falhou em 2017 ao chegar ao objetivo de avançar aos playoffs, o que representou a primeira vez que nenhum time paulista chegou à fase final da principal competição nacional. O time está pela terceira vez na final da SPFL e está preparado para encaixar a temporada estadual com a nacional, mesmo sem tempo para uma pausa entre ambas. Este último fator é alvo de crítica do head coach da equipe, Paulo Henrique “Tidus”.

“Já foi previsto no nosso calendário de treinos a preparação para o primeiro jogo contra o Flamengo (em 28/07). Treinamos com scout em mãos por duas semanas, e assim que passar a final, vamos ter que girar a chave muito rápido e voltar o nosso foco de treino durante a semana para esse jogo. Não atrapalhou o planejamento do jogo, mas o fator descanso entre uma partida decisiva e outra sem dúvidas é algo que estamos atento para iniciarmos a competição com nosso máximo esforço. Vale a nota de que é o terceiro ano seguido que a Liga de São Paulo não consegue ajudar seus próprios times, estendendo calendário de uma competição de primeiro semestre”, explica Tidus.

> Confira a tabela do Portuguesa FA na BFA 2018

São Paulo Storm
Cidade: São Paulo/SP
Fundação: Julho de 2006
Melhor Campanha: Vice campeão nacional (TTD 2009)
Última Temporada: [3-2] 5º colocado conferência (3º Grupo Oeste)
Jogadores-destaques: Alan Giamas (running back), Cauê Martins (quarterback), Adalberto “Belém” (linebacker) e Leonardo Trivelatto (defensive back)

Um dos grandes expoentes do futebol americano nacional em seus primórdios, o São Paulo Storm vem sofrendo nas últimas temporadas para retornar a este status. Mesmo dentro do estado, o time que já conquistou cinco títulos paulistas não vence desde 2015. Apesar dos lampejos de brilhantismo em 2017 e 2018, o time quer ter mais consistência.

E foi exatamente sobre este patamar que o head coach Lucas Cisneiros comenta: “O que falta para atingirmos o patamar além do que evoluímos na SPFL é o comprometimento e dedicação de todos. É um momento crítico neste sentido. Todos tem que ser um incentivo para o outro”, conclui.

> “Não evoluímos o suficiente” (semifinal da SPFL)

> Confira a tabela do São Paulo Storm na BFA 2018

Tritões Futebol Americano
Cidade: Vila Velha/ES
Fundação: 2004
Títulos: Campeão Nacional (TTD 2010)
Última Temporada: [5-2] Final de conferência
Jogadores destaques: Niko Fortino (quarterback americano, reforço para a temporada), Fernando “Trapa” (defensive back) e Lucas Rogers (linebacker americano, reforço para a temporada)

O Tritões tenta reviver os dias de glória do passado, quando foi campeão nacional em 2010 e vice-campeão em 2011 (no Torneio Touchdown). Desde então, sua presença próxima à final vem decaindo degrau a degrau, com muitos jogadores-chave de seus tempos áureos brilhando em outras equipes, como Álvaro Fadini, hoje quarterback da Seleção Brasileira e do Galo FA.

No entanto, o presidente da equipe, Raony Rocio, está otimista para uma campanha melhor em 2018, confiante principalmente nos reforços americanos: “Com as peças novas no ataque e na defesa, temos o nosso jogo “conectado”, com nossas melhores peças podendo desempenhar plenamente seus papéis, o que não era possível até esse ano”.

> Confira a tabela do Tritões FA na BFA 2018

Vasco da Gama Patriotas
Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Fundação: Agosto de 2010
Títulos: Campeão Nacional (TTD 2014)
Última Temporada: [4-2] Semifinal de conferência
Jogadores destaques: Romulo “R40” Ramos (running back), Daniel Gazelle (quarterback), Juan “Gostosa” Senra (free safety) e Diego Slaxis (linebacker)

O Vasco Patriotas vem para a sua primeira temporada nacional sem o comando do mítico Gabriel Mendes, head coach da Seleção Brasileira. Assume o comando da equipe Bruno Barandas, que passou o ano passado na Division I da NCAA, na Georgetown University.

No primeiro semestre, o time foi vice-campeão do Estadual do Rio de Janeiro na primeira vez que Vasco e Flamengo (campeão) participaram da competição. A avaliação foi positiva por parte de Barandas, que comanda um dos times postulantes a uma vaga nos playoffs: “O estadual foi uma ótima oportunidade para vermos em ação um elenco que foi altamente reformulado, conhecer pontos fortes e fracos de cada jogador e realizar uma avaliação do que funcionava ou não no novo playbook“.

> Confira a tabela do Vasco da Gama Patriotas na BFA 2018

23 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here