BFA perde dois times a 16 dias da estreia

4
2065
No ano passado, o Goiânia Rednecks esteve no Mané Garrincha para disputar a BFA; neste ano, a equipe abriu mão da competição Foto: Victor Francisco / Salão Oval

A BFA, a principal competição nacional de futebol americano, começa daqui a 16 dias. A Liga já havia divulgado seu planejamento desde o final do ano passado, com a tabela sendo divulgada em janeiro. No entanto, faltando pouco para a competição começar, duas equipes anunciaram a desistência do torneio: o recém-promovido Juiz de Fora Imperadores e o já tradicional Goiânia Rednecks.

Segundo a BFA, como pouco tempo para começar o torneio, a melhor saída foi atribuir W.O. aos times e a pontuação da partida a quem iria enfrentá-los. Desta forma, não haverá mudanças na tabela às vésperas da competição. As equipes desistentes serão multadas em R$ 5.000,00.

Confira abaixo o comunicado oficial da BFA em sua página do Facebook

Posted by BFA on Thursday, July 5, 2018

 

Cenário das equipes desistentes

O Juiz de Fora Imperadores esteve no centro do turbilhão da parceria com o Cruzeiro. O time contratou 18 atletas de ponta no país, mas irregularidades nas inscrições tiraram o time do Campeonato Mineiro, além das dificuldades logísticas alegadas pela equipe para que o projeto continuasse. Na oportunidade, o time anunciou que continuaria seu calendário como JF Imperadores, mas desistiu às vésperas da BFA.

O Goiânia Rednecks entrará em um período sabático para reformulação e deve retornar em 2019.

Quem se “beneficia”

Em um cenário que o futebol americano nacional perde com a sua principal competição contando com duas desistências às vésperas de começar, é difícil falar em algum benefício. Mas em um esporte com um elenco tão grande e os custos de viagem sendo os vilões dos orçamentos das equipes, algumas delas irão se beneficiar por não ter que realizar as viagens para enfrentar o Juiz de Fora Imperadores e o Goiânia Rednecks.

Na Conferência Sudeste, Galo FA, Vila Velha Tritões e Portuguesa FA não mais precisarão ira até o interior de Minas para conseguir uma vitória, já garantida pelo regulamento. O mesmo acontecerá com Sorriso Hornets, Tubarões do Cerrado e Brasília Templários, na Conferência Centro-Oeste.

> Confira nossa página especial sobre a BFA

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSoldiers conquista quinto título e é o maior campeão Gaúcho
Próximo artigoAgenda FABR – 07 e 08 de Julho
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

4 COMENTÁRIOS

  1. FABR aquela eterna bagunça. Esse papo de “administração diferente” do soccer não passa de mentira engana bobo. Infelizmente o futebol americano nacional respira por aparelhos. Parabéns aos envolvidos

  2. Alguma ideia de como os times serão punidos em relação a isso? Rednecks vai entrar em ano sabático pra disputar a LNFA em 2019 ou assim como o Tsunami fica sem poder disputar campeonato no ano que vem?

  3. Achi melhor diminuir o número de times, e deixar apenas aqueles que tem estrutura. 30 times no momento é muito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here