Paraná vira e fica com título em partida histórica no Sub-19

1
382
O momento do touchdown da virada paranaense, captado pelas lentas onipresentes de Chiarini Jr.

A tão prometida final do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais Sub-19 demorou mas aconteceu. E a espera valeu a pena. Paraná e Minas Gerais fizeram um embate de alto nível, disputado até os últimos segundos. Em um jogo em que primeira parte foi dominada pelos mineiros, os paranaenses souberam manter o controle das emoções e foram efetivos nos momentos mais cruciais, virando o jogo para 16 a 13 no último minuto e garantindo o título nacional fora de casa, em partida realizada na cidade de Careaçu (MG).

Como foi o jogo

A partida começou com uma campanha arrasadora dos donos casa, que se valeram de dois running backs de destaque nacional para abrir o placar: Pedro Moreno, do Galo FA, levou a equipe mineira até a redzone em duas grandes corridas, e Karl Henrry, do T-Rex, abriu o placar para a Seleção Mineira: 6 a 0 (extra-point no good).

Depois da defesa mineira conseguir parar o ataque paranaense à beira da endzone, o quarterback Guilherme Guimarães teve muita visão para achar o wide-receiver Jaum em uma screen. O rápido recebedor do Uberlândia Lobos simplesmente quebrou tackles e avançou 90 jardas para marcar um lindo touchdown: 13 a 0 Minas Gerais, ainda no primeiro quarto. Antes de começar o segundo quarto, a Seleção Paranaense tentou diminuir a vantagem, mas o field goal de Rebello não teve sucesso.

O segundo quarto começou com os paranaenses um pouco mais presentes no ataque, mas a defesa mineira esteve ligada, com ações decisivas dos defensive backs Davi e Ruan Pablo e do linebacker Lucas Hipólito. Com isso, o máximo atingido pelos paranaenses foi um field goal de Rebello antes do intervalo.

O terceiro quarto trouxe a troca dos quarterbacks visitantes: saiu Sato e entrou Apetz, que não conseguiu mudar o panorama da partida. Após um terceiro período zerado, os visitantes colocaram o multijogador Leonardo Rebello no comando de ataque. Com decisões ousadas, alternando escapadas que conseguiam primeiras descidas correndo, ou passando a bola no limite da linha de scrimmage, Rebello foi decisivo.

Primeiro, o jogador do Coritiba Crocodiles diminuiu o placar para 13 a 10 em um quarterback sneak (e confirmando o extra-point). Já no último minuto, a impressionante virada veio em um passe de 22 jardas de Rebello para o wide-receiver Ricciardi, marcado por dois jogadores da secundária mineira. O título foi garantido após muita luta mineira nos segundos que restavam, mas Flavinho interceptou Guilherme e já não havia mais tempo para tirar o título do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais Sub-19 dos paranaenses.

Entrevistas

Flavinho destacou a emoção do primeiro título, enquando o head coach Adan falou sobre a preparação da equipe para erguer a taça.

Para o vice-campeão, o head coach Alexandre Ribeiro, de Minas Gerais, faltou um pouco a mais de execução para ficar com o título.

Confira como foi a decisão final do torneio, na transmissão realizada pelo Facebook da Federação Mineira de Futebol Americano (FEMFA)

> Saiba tudo o que rolou na competição sub-19

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR – 30 de Junho e 1º de Julho
Próximo artigoSoldiers conquista quinto título e é o maior campeão Gaúcho
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here