Soldiers derruba Drones e encara Gorillas na final

0
204
O quarterback Douglas Rodrigues foi o destaque ofensivo da vitória do Soldiers. Foto: Maria Júlia Corrêa/Radar Esportivo

Se na primeira semifinal houve surpresa com a derrota do Juventude FA para o Porto Alegre Gorillas, o segundo finalista foi o favorito e atual bicampeão Santa Maria Soldiers. Mesmo jogando fora de casa contra o forte time do Ijuí Drones, a equipe que hoje é a mais forte do Rio Grande do Sul não deu chances aos anfitriões, vencendo pelo contundente placar de 45 a 00.

Como foi a semifinal em Ijuí

Na nova posse de bola, o Soldiers finalmente avançou a ponto de ameaçar o time da casa. Sempre pelo ar, os visitantes chegaram ao touchdown com um passe de 25 jardas do quarterback Douglas Rodrigues para o wide-receiver Felipe Backers. Fabrício Santana confirmou o extra-point e deixou o placar em 7 a 0 para o Soldiers.

Os visitantes continuaram engrenados e fizeram mais um após a excelente conexão entre os Douglas: Rodrigues (quarterback) para Elesbão (wide-receiver). Fabrício Santana foi mais uma vez certeiro e dobrou o placar para 14 a 0.

O Drones continuou forçando o jogo aéreo e continuou sendo interceptado. Desta vez, o lindo trabalho no meio de campo foi realizado por Okopny. Já o Soldiers realizava bem o jogo aéreo e chegou na redzone com Nathan Dias e fez mais um touchdown com Douglas Rodrigues passando para Luis Becker, ex-wide-receiver do time da casa. Mais um xp certeiro de Santana e 21 a 0 Soldiers.

As coisas pioraram para o Drones com a lesão do quarterback Uil Guterrez. Com a ausência da âmbulância, a partida ficou parada por 15 minutos. No retorno da partida, o americano Julian Crandall assumiu a posição de quarterback.

O jogo, no entanto, não mudou de panorama. Os visitantes fizeram mais um touchdown. Já na redzone, Douglas Rodrigues encontrou Nathan Dias na endzone e garantiu mais seis pontos, com Santana colocando o 28 a 0 no placar.

Com a secundária totalmente perfeita, faltava um pick-six, que aconteceu após Arthur Walker interceptar Crandall e correr mais 30 jardas até a endzone: Santana, preciso mais uma vez, colocou o 35 a 00 em Ijuí antes do fim do primeiro tempo.

A volta do intervalo não mudou o panorama da partida, com o Soldiers chegou a linha de uma jarda no passe de Douglas Rodrigues para Luis Becker. Insistindo, desta vez o Soldiers fez com o seu craque do jogo corrido, Guilherme Busanello. Com o extra-point, o placar foi a 42 a 00 e a mercy rule fez o jogo avançar até o último quarto.

Com o destino da partida controlado, o ímpeto ofensivo visitante foi menos voraz no período final, com Fabrício Santana entrando em ação não para um extra-point, mas sim para um field goal: 45 a 00 Soldiers.

> Confira tudo sobre o Gauchão em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCabelo voa e coloca Istepôs no SC Bowl XIII
Próximo artigoGalo derrota Locomotiva e conquista Campeonato Mineiro
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here