Juiz de Fora Imperadores volta após romper com o Cruzeiro

3
856
Foto: Chiarini Jr.

A saga sobre a representação do Cruzeiro no futebol americano enfrenta mais um capítulo em 2018. Com a mudança da diretoria no clube mineiro e a preferência por um novo projeto, o time campeão em 2017 foi parar no rival Atlético e virou Galo FA. Sem representatividade nas competições nacionais de futebol americano, o Cruzeiro firmou parceria com o ascendente Juiz de Fora Imperadores, que conseguiu subir da Liga Nacional para a BFA no ano passado.

E é exatamente esta parceria, que durou quatro meses, que chegou ao final hoje. Em comunicado oficial, o Juiz de Fora Imperadores alegou que os desafios logísticos da parceria (time em Juiz de Fora e o Cruzeiro em Belo Horizonte, separados por 274km). No entanto, jogadores, comissão técnica e grande parte da diretoria estavam em Juiz de Fora, praticamente não divergindo da logística adotada pelo time na Copa Minas em 2017.

Confira abaixo o comunicado do Imperadores em sua página no Facebook

Comunicado Oficial

Posted by Imperadores on Wednesday, May 30, 2018

Irregularidades e batalhas jurídicas

Em campo, o time conseguiu vitórias expressivas contra Pouso Alegre Gladiadores (81 a 00) e Contagem Inconfidentes (67 a 07), mas foi derrotado na primeira partida pela irregularidade na inscrição do kicker Amílcar Neto – que lhe valeu um W.O. – e excluído do campeonato por irregularidades nas inscrições de Jesus Emanuel e Lucas Teodoro na segunda.

Ambas as decisões foram das comissões disciplinares do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol Americano de Minas Gerais (TJD-MG). Em posterior decisão do Pleno do TJD-MG, o time foi reintegrado ao Campeonato Mineiro pelo placar de 4 a 2. Clique aqui para ver o vídeo do julgamento e entender o caso.

Supertime

A equipe contratou 16 jogadores de renome nacional para a disputa da temporada 2018, incluindo o Campeonato Mineiro e a BFA. Além dos americanos Yollandus Pratt (running back, ex-Flamengo e Fluminense – que deixou a equipe alegando falta de pagamentos) e Joc Crawford (running back e safety, ex-Corinthians, Santos e Mariners), o time também trouxe os brasileiros Amílcar Neto (ex-Santos Tsunami), João Holly (linebacker), Thiago Villas Boas (OL), Lucas Vinícius (quarterback), Ramon Martire (quarterback, ex-Botafogo Reptiles e presente no Mundial de Ohio com a Seleção), Patrick Dutton (wide-receiver, ex-Flamengo Imperadores), Eliab dos Anjos (linebacker), Lenin Caldeira (OL, ex-Espectros e presente no Mundial de Ohio com a Seleção), Felipe “Minitron” (wide-receiver, ex-Bulls Potiguares), Rafael Farias (OL), Felipe Marques (DL, ex-Tubarões do Cerrado e presente no Mundial de Ohio com a Seleção), Gabriel Pitta (linebacker, ex-Santos e Portuguesa), Jesus Emanuel (linebacker, ex-T-Rex e Espectros) e Lucas Teodoro (defensive back, ex-T-Rex e Mariners).

O destino da equipe será traçado em reunião em Belo Horizonte, ainda hoje. A tendência é que seja anunciada uma nova versão do Cruzeiro. No entanto, a vaga para a disputa da BFA é da equipe de Juiz de Fora.

Campeonato Mineiro

Outra conseqüência pode acontecer no Campeonato Mineiro. Após a decisão do TJD-MG pela reintegração do Cruzeiro Imperadores, os outros nove times anunciaram a saída do estadual.

Em comunicado oficial, a Federação Mineira de Futebol Americano divulgou que está em tratativas com as equipes para que a disputa possa ser retomada.

Confira abaixo o comunicados da FEMFA sobre o Campeonato Mineiro 2018

Posted by FEMFA – Federação Mineira de Futebol Americano on Monday, May 28, 2018

Posted by FEMFA – Federação Mineira de Futebol Americano on Monday, May 28, 2018

> Confira nossa página especial sobre o Campeonato Mineiro

3 COMENTÁRIOS

  1. Que bagunça este campeonato. Igual ao do Amazonas que também está com problemas. Diretores das federações e times são bem amadores. Vai demorar anos para se criar algo definitivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here