Mike quer jogadores do Broncos “apaixonados pelo futebol americano”

0
146
O presidente do Manaus Broncos (Wellington Gonçalves, à esq.) e o Diretor Executivo de Futebol Americano (Renner Silva, à esq.) recebem o novo head coach e Gerente de Projetos da equipe, Mike Lima (ao centro). Foto: Michelle Salles

Manaus é uma das cidades que pratica o futebol americano a mais tempo. Tanto que o próximo Amazonas Bowl será nada mais do que o 13º a acontecer. Mas o que sempre faltou para a cidade foi estar inserida dentro do cenário nacional e conseguir favorecer o futebol americano local com o intercâmbio com o restante do País. O primeiro passo para realmente conseguir esta inserção de forma efetiva foi a Copa Norte disputada no ano passado (e vencida pelo Manaus Broncos). Ela serviu como um ensaio para que, neste ano, uma Conferência Norte fosse criada na Liga Nacional.

O outro passo é a contratação de head coaches com bagagem em outras regiões. E 2018 começou com o pentacampeão estadual Manaus Cavaliers contratando Dennis Prants, uma das figuras mais emblemáticas do esporte nacional e campeão nacional em 2013 pelo Jaraguá Breakers.

O Manaus Broncos seguiu os passos do Cavaliers e trouxe, da outra ponta do Brasil, um head coach também experiente na primeira divisão nacional: Mike Lima, que esteve a frente do Ceará Caçadores até o ano passado.

Head coach e Gerente de Projetos

A contratação de Mike não deu-se apenas por sua experiência como head coach, mas também por sua capacidade de gestão em projetos sociais. “A contratação do Mike veio primeiramente por duas necessidades: a primeira, o aprimoramento técnico dos atletas, por conta da participação na Liga nacional, uma competição muito mais difícil e que requer um preparo ainda mais intenso e que precisava de uma liderança acostumada com a pressão de grandes competições. A segunda foi pela necessidade continua que o time tem em evoluir a cada temporada. Mike vem para fazer dois papéis distintos: o de head coach e o de Gerente de Projetos. Em 2018, estamos trabalhando com vários projetos paralelos, e ele tem uma experiência que agrega e muito na forma de como conduzimos o Broncos”, explicou Renner Silva, Diretor Executivo de Futebol Americano do Manaus Broncos

Por esta coincidência de propósitos, em levar o futebol americano a projetos sociais, Mike Lima aceitou mudar-se para Manaus e ser o head coach da equipe: “Quando o Renner me apresentou o projeto da diretoria, percebi que se encaixava perfeitamente com o meu plano, com o que vejo do futebol americano desde 2008, com o projeto de voluntários Carcarás. Foi um projeto que fundei junto com meu amigo Ari, hoje center do Ceará Caçadores. Foi algo que ajudou crianças, que ofereceu algo melhor para elas”, explicou o técnico, que ganhou o Prêmio Salão Oval de head coach do ano em 2016.

O que muda nos Broncos

A chegada de um novo head coach, que disputou a BFA, muda muita coisa na filosofia do Manaus Broncos. E Mike explicou que quer apaixonar seus atletas, além, é claro, de aumentar a carga dos treinos e também a cobrança: “Sou um técnico que investe muito tempo para explicar o porquê. Se os jogadores entendem os motivos do que eles estão fazendo, acredito que eles tenham mais segurança, entendo mais sobre o jogo e se apaixonando mais ainda. Talvez essa minha filosofia seja fazer com que eles se apaixonem pelo tamanho do jogo tático que é o futebol americano”.

O novo comandante do Broncos também acredita que sua chegada pode ajudar no desenvolvimento do esporte no Amazonas como um todo: “Vejo que o jogo precisa ser aprimorado. Estamos em um momento dos atletas, das equipes, da arbitragem, de todos darem um próximo passo, aumentando o nível do jogo tática e tecnicamente e oferecer mais aos torcedores”.

Campeonato Amazonense

Antes da Liga Nacional, o Manaus Broncos tem como desafio o Campeonato Amazonense, onde foi vice-campeão nas duas últimas edições. A estreia da equipe será no dia 13 de maio, contra o Manaus Raptors.

> Confira a tabela do Campeonato Amazonense 2018

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSPFL anuncia punição para jogadores de Lizards e Gorilas
Próximo artigoVocê é livre para ir!
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here