Ano novo, meta nova: Carrancas quer chegar aos playoffs

0
170
Primeira vitória do Carrancas pela Liga Nordeste 2017, contra o Maceió Marechais, por 03x00. Foto: Tiara Melo

O Vale do Rio São Francisco contará com um representante na pós-temporada do futebol americano nacional em 2018. É o que promete o novo head coach do Carrancas Futebol Americano, Isaias Lima. Segundo ele, o objetivo deste ano é bem claro: chegar aos playoffs da Liga Nordeste.

“O que eu vejo pra 2018 é iremos com força total. Temos um time muito estruturado dessa vez, com uma comissão técnica competente, com tempo pra treinar, o que é bastante importante. Assim, nossa pretensão de ir para a Liga esse ano é aos playoffs”, afirmou Lima.

Isaias Lima tem 31 anos e entrou na equipe no inicio da Liga Nacional, como auxiliar da coordenação defensiva. Ao final da temporada, foi promovido à head coach após uma reestruturação da comissão técnica. Assim, assumiu a responsabilidade de levar o Carrancas aos playoffs da Liga Nordeste de 2018.

O novo head coach do Carrancas FA, Isaias Lima. Foto: Rafael Cerqueira

No dia 11 de março, ele fará a sua estreia como HC contra o Santana Red Bulls, de Feira de Santana-BA. O jogo terá cunho beneficente, mas marcará o inicio da temporada de jogos do Carrancas, que não disputará nenhum campeonato nesse primeiro semestre visto que o Pernambucano de 2018 foi cancelado. Por causa disso, é esperado que o time dispute dois ou três amistosos no período.

Além disso, para melhorar ainda mais a preparação, o Carrancas realizou, nos dias 3 e 4 de fevereiro, um training camp com o atleta americano Joc Crawford, que disputou a última BFA com a camisa do Recife Mariners e tem passagens por Kansas University, Tennessee Tech Corinthians Steamrollers e Santos Tsunami. Na ocasião, Crawford trabalhou fundamentos práticos e teóricos com os jogadores e comissão técnica da equipe.

Sem desculpas

Apesar dos pesares, o Carrancas fez uma boa estreia no cenário nacional. Participando da Liga Nacional pela primeira vez em 2017, o time de Petrolina terminou a temporada com uma vitória e três derrotas. Os números, entretanto, mostram de maneira muito superficial o que realmente aconteceu.

Foram quatro partidas contra equipes mais experientes do que o representante do Vale do São Francisco. A única vitória foi contra o Maceió Marechais, time com sete anos de existência e que por pouco não garantiu o acesso à BFA 2018, ficando na segunda colocação da Conferência Nordeste da Liga Nacional de 2017. Nas outras três partidas, duas derrotas aconteceram apenas no overtime, contra Redentores e Apaches. Para Isaias, o fator físico foi um dos que mais pesaram nas derrotas.

“Pecamos um pouco na questão física. Deu pra perceber que no segundo tempo,  principalmente, o time caiu um pouco de rendimento técnico, justamente por causa do cansaço, do desgaste físico”, disse Lima.

Outro motivo destacado pelo atual HC do Carrancas foi a “desculpa do estreante”. Algo que, segundo ele, não vai ser repetir em 2018.
“A principio, acho que nos escoramos muito na questão de ser estreante. ‘Nós somos estreantes, vamos jogar, vamos dar duro, mas se perder não tem nada’. Não é bem assim que deve funcionar. Até porque, por exemplo, esse ano a gente não é mais estreante, tem que chegar com carga total.”

A estreia do Carrancas na Liga Nordeste de 2018 está marcada para o dia 28 de julho, contra o Arcoverde Templários, também de Pernambuco. Além da equipe de Arcoverde, o Carrancas enfrentará também o Roma Gladiadores, de Fortaleza-CE, o São Luís Sharks, de São Luís-MA, e o Recife Vikings, de Recife-PE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here