Locomotiva é o 1º campeão de Flag Football de Minas

0
128
A Federação Mineira de Futebol Americano - FEMFA - vem cumprindo o papel de desenvolver e fomentar o esporte. Foto: FEMFA

O Minas Locomotiva Flag entrou para a história do futebol americano mineiro como o primeiro campeão oficial de Flag Football do Estado. No último domingo (05), a equipe de Belo Horizonte levantou o troféu do I Campeonato Mineiro de Flag Football, organizado pela Federação Mineira de Futebol Americano (FEMFA), e disputado na cidade histórica de Ouro Preto. Também participaram da competição o vice-campeão Ouro Preto Carcarás, Ouro Branco Dark Knights e UFMG Dragons.

Para chegar à final, o Minas Locomotiva venceu duas partidas na fase de grupos, os Dark Knights por 36 a 14, e os Dragons, por 22 a 12. Já o Carcarás venceu o próprio Locomotiva na abertura do campeonato, por 14 a 12, e também bateu o Dragons por 10 a 02. Na final, o Minas Locomotiva Flag aproveitou melhor as oportunidades que teve e venceu time de Ouro Preto por 20 a 06, tornando-se o primeiro campeão mineiro de Flag da história.

Gabriel Tordoya, quarterback do Minas Locomotiva, avalia como é relevante ter um calendário sólido para disputar. “Para nós, antes de mais nada, é muito importante participar de todas as competições do esporte no Estado. Ser campeão é ainda mais especial, porque o título é o resultado da expertise do clube para formar jogadores e destacar novos talentos em todas as modalidades do futebol americano”.

O Minas Locomotiva Flag levou para o campeonato um time formado por atletas em desenvolvimento, das equipes júnior do clube, e com alguns jogadores mais experientes. “Escolhemos atletas com perfil mais ágil e usamos do conhecimento de jogo dos atletas mais experientes para equilibrar a equipe. Nossa fórmula deu certo e nos possibilitou vencer um campeonato que derrubou os preconceitos em relação ao esporte, muitas vezes visto como violento. O Flag é fácil de ser praticado e ter uma cidade inteira olhando para esse campeonato ajudou a crescer o esporte”, detalha Gabriel.

Apesar do vice-campeonato, o Ouro Preto Carcarás considera que o I Campeonato de Flag Football foi fundamental no processo de crescimento da equipe. “Para adquirir infraestrutura, apoio de torcedores e patrocinadores, precisamos participar de competições para mostrar nossos resultados a todos os agentes que podem abraçar o time. O vice-campeonato prova que estamos seguindo o caminho certo, nos estruturando, e isso é muito importante, porque um crescimento sólido passa por bons resultados”, destaca Yuri Cubas, presidente do Carcarás. 

Sobre o Campeonato Mineiro de Flag

A primeira edição do Mineiro de Flag Football foi disputada no Estádio Municipal Genival Alves Ramalho, conhecido como Campo da Barra, em Ouro Preto. Foram sete jogos ao longo de cinco dias de competição, no sistema todos contra todos. Os maiores pontuadores se encontram na final. Os critérios de desempate foram o saldo de pontos, os pontos marcados e o saldo de jardas, nesta ordem.

Abraão Coelho, presidente da FEMFA, ressalta que o campeonato foi um grande passo para o desenvolvimento do futebol americano no Estado. “A Federação trabalha para que esporte e suas modalidades sejam conhecidos e reconhecidos em Minas. E a melhor maneira de fazer isso é manter um calendário diversificado de competições, que dê oportunidade para equipes de diversos níveis, desde o desenvolvimento até o profissional. O Mineiro de Flag mobilizou Ouro Preto para receber o futebol americano e nossa expectativa é que outras cidades do Estado também tenham a oportunidade de receber campeonatos e se envolver com o esporte.”

O I Campeonato Mineiro de Flag Football foi realizado pela FEMFA e apoiado pela Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais (Seesp); Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Ouro Preto, por meio do secretário Robson Santos; e Missão dos Estados Unidos no Brasil, por meio da cônsul dos EUA em Belo Horizonte, Rita Rico. 

Mais sobre o Flag Football
As regras do Flag Football são similares às do futebol americano fullpads. Entretanto, é jogado com oito jogadores em campo para cada equipe e o objetivo não é derrubar o adversário com a bola ao chão, mas sim retirar uma fita (flag) –que fica presa ao jogador por um cinto– para parar a jogada. A modalidade foi criada para diminuir o risco de lesões causadas pelo contato característico do Football e popularizar a prática do esporte, sem a necessidade de equipamentos.
Texto: Assessoria FEMFA
COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR: 04 e 05 de Novembro
Próximo artigoFutebol Americano de SC concorre ao Troféu Gustavo Kuerten
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here