Classificado, Caçadores enfrenta o ameaçado Pirates

0
40
Caçadores já classificado para a semifinal da Conferência Nordeste | Créditos: Stephan Ellert

Caçadores e Pirates jogam neste domingo (24) no estádio Antony Costa. Esta será a primeira vez em mais de três anos que os cearenses não utilização o PV (Presidente Vargas) para mando de sua partida. O presidente do Caçadores, Bruno Rocha, comentou sobre a decisão:

“Continuamos com a parceria forte com a prefeitura de Fortaleza, porém tivemos muitos gastos com duas viagens para Pernambuco e Paraíba, e precisamos dar uma oxigenada nas nossas finanças. Além disso, é uma oportunidade para que mais gente veja e conheça o futebol americano. Porém, na semifinal, no dia 08 de outubro, voltaremos a mandar nossos jogos no PV”.

Como Rocha comentou, o Ceará Caçadores já está classificado para a próxima fase da competição nacional e garantiu a segunda posição geral da conferência Nordeste. A primeira partida dos playoffs será contra o Recife Mariners, dentro de seus domínios. Os dois times já se enfrentaram na temporada regular, com vitória dos cearenses, pelo placar de 14 a 23.

Já pensando na próxima fase, Rocha afirma que a partida contra o Pirates será boa para conseguir engrenar alguns atletas e dar ritmo de jogo para deixar todos os atletas prontos para a semifinal.

“Não entramos para perder em nenhum um jogo e queremos manter o ritmo forte contra o Pirates. Time vai entrar focado para pegar ritmo após a derrota que tivemos em João Pessoa. Mas, obviamente nossos técnicos devem utilizar o maior número de atletas nesse jogo para uma avaliação. A intenção é entrar na semifinal com todo mundo pronto, caso haja uma necessidade de utilização”, afirmou Bruno Rocha, presidente do Ceará Caçadores.

Piratas ainda enxergam luz no final do túnel

O time pernambucano ainda não venceu na Brasil Futebol Americano. Com cinco derrotas em cinco partidas, os Pirates ainda podem se safar do rebaixamento se conseguirem vencer o confronto deste final de semana contra o Ceará Caçadores. Com a vitória, há dois cenários que salvam o Pirates: o primeiro com o rebaixamento do Bulls, através de sorteio; e o segundo com o rebaixamento do Tropa Campina, se o time de Campina Grande for derrotado pelo Petroleiros.

Cenário 1 – Bulls Potiguares rebaixado  

Como não houve confronto entre Pirates (1-5) e Bulls (1-5), os critérios de desempate são;
1. Maior força de tabela entre as equipes empatadas; [critério igual]
2. Maior número de vitórias nos confrontos entre as equipes empatadas; [critério igual já que os adversários são os mesmos]
3. Maior saldo de pontos nos confrontos entre as equipes empatadas; [não houve duelo entre Pirates e Bulls]
4. Sorteio.

Cenário 2- Tropa Campina rebaixado

Se o Tropa Campina for derrotado e o Pirates vencer seu confronto, teremos um empate triplo entre Bulls (1-5), Pirates (1-5) e Tropa (1-5).

Pelo regulamento, o primeiro critério de desempate é a força de tabela, que corresponde a soma de vitórias dos adversários de cada time, dividido pelo número de jogos que no caso desta conferência são 6. Como Bulls e Pirates terão enfrentado os quatros classificados e o Tropa Campina apenas três (não enfrentou o Espectros), o Tropa seria o rebaixado.

“A gente sabe que é uma missão difícil, por conta da longa viagem não vamos poder contar com todo o elenco mas, garanto que os 30 atletas que vão irão dar tudo de si no campo para conseguir a vitória.

Estamos tranquilos para o jogo, se acontecer da gente jogar a Liga Nacional ano que vem, temos certeza que será um passo para trás para dar dois passos para frente que quando a gente voltar a BFA seremos muito mais fortes. Como falei lá em cima vamos pra Fortaleza para jogar pela vitória nunca entraremos em campo já derrotados”, afirmou Leonardo Becky, head coach do Recife Pirates.

> Confira o panorama da Conf. Nordeste da BFA

Serviço

Local: Estádio Anthony Costa

Horário: 24/09 | 14 horas

Endereço: Rua Hugo Vítor, 509 – Antônio Bezerra

Ingressos: R$ 10,00

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here