Arsenal traz americanos campeões nacionais para disputar BFA

0
293
Kudyba e Jones: dois campeões brasileiros no bicampeão Arsenal Fotos: Journal & Topics / Acervo pessoal

O Cuiabá Arsenal foi a grande surpresa negativa do primeiro semestre. Bicampeão nacional (2010 e 2012) e bicampeão estadual invicto (2015 e 2016), o time era tido como franco favorito para o estadual deste ano. No entanto, a realidade foi outra, e a equipe acabou sendo superada na fase regular pelos finalistas Sorriso Hornets (campeão invicto) e Sinop Coyotes, além do Rondonópolis Hawks.

Diante de perdas significativas, como o capitão da defesa Igor Mota, linebacker, para o Sada Cruzeiro no início do ano, e do quarterback titular Bozo, para o Istepôs, a equipe foi atrás de substitutos à altura.

Para a posição de comandante de ataque, trouxe um velho conhecido, o americano Thomas Kudyba, campeão nacional em 2010 com o mesmo Cuiabá Arsenal; já para linebacker, chega Jeron Jones, que foi campeão brasileiro em 2015 com o João Pessoa Espectros.

Kudyba: um velho conhecido

Para o presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA), Paulo Cesar Machado, a aquisição desse reforço será essencial para atuar em duas frentes, no aprimoramento de todo o sistema ofensivo da equipe e na formação de quarterbacks, já que Tom Kudyba tem vasta experiência como quarterback e como formador de quarterbacks. Segundo Paulo Machado, o americano chegará no início de julho e permanecerá até o fim da temporada deste ano.

“Tom Kudyba é um velho conhecido dos torcedores do Cuiabá Arsenal. Ele fez parte do roster que conquistou o título de campeão brasileiro em 2010 (Brasil Bowl I). Inclusive foi eleito o MVP (Most Valuable Player), que é o jogador mais valioso da partida, naquela final contra o Coritiba Crocodiles, em 18 de dezembro de 2010, em Embu das Artes (SP), com placar de 49 a 21. Ele tem um amplo currículo de passagens por times norte-americanos e europeus”, conta Paulo.

“Fui campeão e MVP por duas vezes. Primeiro pelo Lappeenranta na Finlândia (2008) e depois pelo Arsenal no Brasil (2010). Lembro de estar no túnel do estádio em São Paulo, antes da final começar, e antes de entrar para o campo dava para ouvir os jogadores rivais cantarem alto: Estamos prontos, estamos prontos para vocês. Lembro depois de pensar que eles não estavam prontos, pois na primeira jogada nós marcamos o primeiro touchdown do jogo”, conta Tom.

> Confira a agenda do Arsenal na BFA

Com informações da Assessoria do Cuiabá Arsenal / Junior Martins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here