Cuiabá Arsenal depende de vitória expressiva para disputar final

Uma das vagas na final está preenchida, a outra será disputada na última rodada.

0
39

 

O Cuiabá Arsenal perdeu para o Sorriso Hornets por placar de 18 a 07, no Estádio Municipal Egídio José Preima, na noite desse último domingo (28.05), em Sorriso (398km da capital), em confronto válido pelo 3º Campeonato Mato-grossense de Futebol Americano. E o resultado colocou o bicampeão estadual em situação difícil na defesa dos títulos, com a necessidade de vencer o Sinop Coyotes, no dia 10 de junho, às 15h, em Acorizal, com placar elástico.

De acordo com o presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA), Paulo Cesar Machado apesar das duas derrotas no estadual deste ano, uma para o Sorriso Hornets e outra para o Rondonópolis Hawks, o histórico do Arsenal continua positivo no estadual com 11 jogos, nove vitórias e apenas duas derrotas. Segundo ele, a diretoria tomará medidas para melhorar a estrutura da comissão técnica e atletas em prol da preparação para a rodada decisiva da vaga.

“O Hornets está classificado pela 1ª vez para a final do estadual. A 2ª vaga será decidida na última rodada entre Hawks, Coyotes e Arsenal. Os três precisam da vitória. E o Cuiabá Arsenal da vitória mais um placar expressivo. Supondo que os três times fiquem com o mesmo número de vitórias e o confronto direto empatado, a decisão sobraria para o critério de saldo de pontos. Ou seja, precisamos vencer com boa diferença de touchdowns”, diz Paulo Machado.

Scout

1º Quarter – O Cuiabá Arsenal fez o primeiro ataque, mas sem avanços. O Sorriso Hornets fez o segundo ataque, mas sem avanços. Ambas as defesas assumiam o domínio. O quarterback do Hornets até levou um sack do defensive line, Denevaldo Barbosa. Os dois lados cometeram muitas faltas e por várias vezes fizeram o uso do punt na quarta descida. Até o narrador levou falta por ofender o time visitante. E o primeiro first down foi do Arsenal, mas sem pontos.

2º Quarter – A disputa estava quente, de ânimos acirrados e o Arsenal chegou na red zone rival, mas numa terceira para sete jardas pra touchdown tomou um “delay of game” e perdeu cinco jardas. Tentou recuperar para marcar, mas foi interceptado por um jogador do Hornets. A posse da bola virou para o time da casa e, na sequência, marcou touchdown de passe do quarterback para o wide receiver. Seguido por bom ponto extra. E o placar se movimentou para 07×00.

3º Quarter – Após o intervalo, os dois times retornaram com mais intensidade. O Cuiabá Arsenal chegou a mudar o quarterback, saiu Vinícius Alexandre Bozzo e entrou Gustavo Ourique. Mas foi o Sorriso Hornets quem marcou novamente. Outro passe do quarterback para o wide receiver executar o catch já dentro da end zone. Pulou, pegou no ar e caiu com os pés na zona de ponto. O ponto extra foi desperdiçado. E o placar ficava nos 13×00 para os donos da casa.

4º Quarter – O Arsenal fez o 1º touchdown logo no início do período. Por meio da jogada Quarterback Sneak, que é quando o quarterback, neste caso, Gustavo Ourique recebe a bola atrás do Center e corre protegido atrás dele até a zona de ponto. E o ponto extra foi do kicker Caio de Souza (13×7). Hornets não avança, mas logo faz um safety (15×7). O árbitro parou o jogo por duas vezes para pedir para a torcida sorrisiense parar de xingar os atletas e arbitragem, mas as ofensas continuaram até o fim. E o Hornets fez um field goal e fechou o placar em 18×07.

Texto e foto: Junior Martins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here