Cuiabá Arsenal garante vaga nas quartas de final da Superliga

Clube agradece prefeitura por ter permitido jogo no estádio, mas cobra reforma esperada por quase dois anos

0
186

O Cuiabá Arsenal venceu o Goiânia Rednecks por placar de 31 a 10 em partida válida pelas oitavas de final da Superliga Nacional de Futebol Americano, o campeonato brasileiro da modalidade, no último sábado (22.10), no Estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, em Cuiabá (MT). Com o resultado, o time mantém a invencibilidade na competição com sete vitórias e avança às quartas de final contra o vencedor de Tubarões do Cerrado x Lusa Lions.

Scout

No 1º quarter, o Goiânia Rednecks começa no ataque, mas sem sucesso. O Cuiabá Arsenal pega a bola, mas não avança. E o placar abre em jogada inusitada, quando o Rednecks fazia um punt numa quarta descida de dentro da enzone e um defensive line do Arsenal, Gabriel ‘Pepa’ Montagner bloqueia, recupera e marca touchdown (TD). O primeiro TD válido feito por lineman do Arsenal na temporada 2016. E o ponto extra (XP) é encestado pelo kicker Raulin Leal (07×00).

Ainda no 1º quarter, o Rednecks sofre um fumble em retorno de kickoff e a bola é recuperada pelo cornerback do Arsenal, Maickon ‘Trolha’ Pereira. Mas a vantagem não dura muito, Diogo Henrique intercepta um passe do Arsenal e devolve a posse da bola para os goianos. Rednecks ataca, mas sem avanço. Logo depois, o gringo do Rednecks, Tommy Jones faz safety ao parar uma corrida do Arsenal dentro da endzone. E o placar do 1ª quarto fecha em 07×02.

No 2º quarter, o Rednecks sofre um fumble em corrida pelo meio e a bola é pega pelo defensive line do Arsenal, Gabriel Montagner. Com a posse da bola, o quarterback (QB) Marcelo Roversi passa direto nas mãos do wide receiver Bruno Loeschke, que ainda atravessa cerca de 60 jardas de campo a milhão por hora e só para na endzone adversária. Placar sobe para 13×02 e o kicker Raulin Lean amplia com extra point dentro das metas (14×02). Sobe a temperatura do jogo.

Ainda no 2º quarter, o Rednecks manda corrida pelo meio, mas o linebacker do Arsenal, Igor ‘Hobbit’ Mota, num lance astuto, rouba a bola do running back, dispara numa corrida alucinada, conquista jardas e devolve a posse da bola para os donos da casa. Arsenal ataca, chega perto da endzone rival, tenta field goal, mas o kicker Raulin Leal chuta murcho. Depois Arsenal marca TD de passe de Roversi para Brandon ‘The Rocket’ Watkins na endzone. Com XP de Raulin (21×02).

No final do 2º quarter, o QB Marcelo Roversi passa para o wide receiver Alexandre Cheverria receber e conduzir a bola até a endzone rival, mas tem flag na jogada e o touchdown é anulado por falta do ataque. Arsenal avança, chega perto da endzone e parte para field goal. E foi a vez de Raulovers garantir outros três pontos no placar (24×02). Termina o 1º tempo do confronto.

“A defesa do Cuiabá Arsenal cresceu durante a partida. Começou num nível e subiu. Só deu uma vacilada no último quarter, quando levou um único touchdown. Agora vamos estudar o próximo oponente, fazer adaptações e ir para cima com tudo. Na temporada fiz um safety no Tubarões do Cerrado e agora um touchdown no Goiânia Rednecks. Abri o placar com TD de bloqueio de punt [risos]”, comenta o lineman, Gabriel Montagner, 1,91 de altura, 133 kg e 17 anos.

No 3º quarter, o quarterback Marcelo Roversi é substituído por Daniel ‘Dandan’ Pereira. Foi o tempo do QB Dandan reconhecer a cadência do jogo para já lançar um passe para touchdown direto nas mãos do multiatleta Brandon ‘The Rocket’ Watkins, que avança cerca de 40 jardas e para só dentro da endzone rival. E o ponto extra fica por conta dos pés de Raulin Leal (31×02).

No 4º quarter, houveram quatro interceptações, duas de cada time. Do lado do Arsenal, uma interceptação do linebacker Higino Gomes e outra do free safety Kenneth Joshen. Em seguida, o QB Dandan pontua com passe para Alexandre Cheverria, mas é anulado de novo por falta na jogada. Arsenal tenta field goal, mas o kicker Thiago ‘Conversa’ Dias chuta fora. E Rednecks finaliza com TD de corrida de Conan Afonso e XP de dois pontos com Vander Nunes (31×10).

“Fiquei feliz com o resultado final alcançado pelo Arsenal, mas triste por meus dois touchdowns terem sido anulados por flag no campo. Na próxima vou correr com tudo e marcar alguns TDs válidos. Nosso ataque começou num nível e intensificou no decurso do jogo. Agora é treinar mais para nas quartas começar com força total”, diz Cheverria, 1,68 de altura, 76 kg e 23 anos.

Playoffs

O próximo embate será contra o vencedor de Tubarões do Cerrado x Lusa Lions, em 12 de novembro, no Estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, em Cuiabá (MT), de portões fechados para o público, em partida válida pelas quartas de final do campeonato brasileiro da modalidade (1ª Divisão), a Superliga Nacional de Futebol Americano.

cuiaba-arsenal-31-x-10-goiania-rednecks-foto-de-junior-martins-3-1

Portões Fechados

O confronto será fechado ao público por conta da interdição do Estádio Municipal Presidente Eurico Gaspar Dutra. A última partida com público recebida pelo Dutra foi em 26 de fevereiro de 2015, quando Mixto e Luverdense (futebol) empataram em 2×2 e, ao fim do jogo, os mixtenses invadiram o gramado, jogaram objetos no campo e ameaçaram a arbitragem. Por conta disso, na época, o local foi interditado a pedido do Juizado Especial do Torcedor de Cuiabá. E, até hoje, aguarda que a prefeitura reforme a estrutura de segurança para voltar a funcionar.

Texto e fotos: Junior Martins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here