Agenda FABR – 23 e 24 de Julho

Semana movimentada com mais estreias pelo Campeonato Brasileiro, times buscando a primeira vitória na Superliga e a segunda rodada do Campeonato Amazonense e da Liga Fluminense.

0
437

SUPERLIGA NACIONAL
Semana 3

Duas semanas após terem se enfrentado na final da primeira São Paulo Football League, São Paulo Storm e Lusa Lions se reencontram, agora pela primeira partida de ambas na Superliga Nacional.

Os Lions vêm com moral, depois de terem conquistado seu primeiro título, ganhando por 17 a 00 do Storm. Além de mais um bom jogo do QB Catullo Goés, a secundária lusitana foi um grande destaque com três interceptações do FS Felipe “Freak” Teixeira.

No lado do Storm, o time precisa encaixar novamente seu ataque. Enquanto a defesa da tempestade teve um grande desempenho por toda a competição, tomando pontos apenas na final, o lado ofensivo do time não teve muito sucesso na última partida.

Para a partida desse sábado, o Storm contara com diversas peças, além do QB Gustavo “Urlacher”, os WR Alan GiamasTaylor Latham, e o RB Malcom Gasque. O versatilidade no uso dessas peça será fundamental se o time quiser vencer o jogo.

Em um dos muitos reencontros devido á unificação da ligas, Sorocaba Vipers e Tubarões do Cerrado se enfrentam seis anos após o último confronto.

Os times já se enfrentaram três vezes na história, duas vezes pelo antigo Torneio Capital, em 2008 e 2009 e uma pela Liga Brasileira em 2010. Todos os jogos realizado em Brasília e vencidos pelo time da casa.

Além do reencontro e do duelo de campeões estaduais (Candango e Paulista) o jogo é muito importante pelo equilíbrio da Conferência. Ambos os times têm chances de classificação e rebaixamento e uma vitória logo na estreia é vital para o decorrer da temporada.

Outro confronto importante pelo Conferência Oeste, o Campo Grande Predadores e Goiânia Rednecks se enfrentam pela primeira vez, no primeiro duelo entre times do centro-oeste.

Embora a última colocação na Superliga Centro Sul na última temporada, os Redneck vêm em uma grande crescente técnica após a fusão com os Tigres. No campeonato candango deste ano o time chegou á final de forma invicita, mas acabou como vice campeão.

Assim como em Goiânia, os Predadores surgiram ano passado de uma fusão entre Jacarés do Pantanal e CG Cobras e em seu primeiro ano de competições já chegou à final da Liga Nacional, o que deu o direito de disputar a Superliga esse ano. O time não jogou no primeiro semestre, mas vem treinando forte e junto com seu rival Gravediggers, o que pode ser uma vantagem em sua estreia na elite do FA nacional.

Em seu segundo jogo pelo campeonato, os Pirates recebem o Petroleiros nos Aflitos, ambos com armas importantes para a partida.

O time de Recife trouxe para a temporada os americanos Andrew Griffin e Sanchez Holder que estrearam contra o Mariners e já mostram que possuem potencial, mesmo tendo saído com a derrota devido ao pouco tempo de integração com o time. Além disso, a defesa recifense fez um bom jogo colocando pressão o jogo todo.

Da mesma forma, os Petroleiros que estreiam na competição, repetiram a receita dos Pirates e também buscaram dois reforços para seu ataque, os atletas Ray Bradley e Jonathan Smith. Embora seja o primeiro jogo oficial na temporada, o time vem motivado por suas duas vitórias em amistosos, incluindo um 9×7 contra seu outro rival, o Ceará Caçadores.

Ainda no sábado, o Timbó Rex faz seu segundo jogo em casa, agora contra o Juventude, na busca pelo prejuízo deixado em seu primeiro jogo.

Depois de 21 vitórias consecutivas e três títulos, o T-Rex sofreu sua primeira derrota em dois anos. Embora tenha começado na frente, o time sofreu a virada com duas pick six entregues pelo QB Luis Carlos Bassani e no fim de jogo ainda perdeu o FG que poderia ter dado a vitória. Mesmo começando atrás na tabela, a derrota pode ter deixado o time com os pés no chão, algo necessário em um competição com tantos possíveis campeões.

Diferente do Rex, o Juventude começou a competição frustrado com a derrota no Gigante Bowl, mas fez um bom jogo contra o Brown Spiders ficando com a vitória. Além de sua forte defesa ter voltado a funcionar, o ataque ainda conseguiu bons momentos com seu RB  Bruno Bortoluzzi e seu quarterback revelação Eduardo Cauzzi. Ainda sim, o Juventude vêm tendo alguns problemas com seu special teams e precisa corrigir alguns erros se quiser sair com sua segunda vitória.

No segundo duelo do ano entre Interior e Litoral, o Botafogo Challengers reencontra o Santos Tsunami na estreia dos dois time na Superliga.

Challengers e Tsunami se enfrentaram em maio na cidade de Santos, na primeira rodada da SPFL, com vitoria dos mandantes por 25 a 06. Embora o domínio do ataque santista sobre o Botafogo, as equipes sempre costumam fazer jogos equilibrados como no TTD 2015. Mesmo assim, além da vantagem histórica no confronto por 3-1, o Tsunami foi melhor no primeiro semestre vencendo dois jogos e chagando até as semifinais da São Paulo Football League.

No segundo jogo dos atuais campeões paranaenses, o HP recebe o estreante Foz do Iguaçu Black Sharks.

Após o título estadual, o HP enfrentou novamente o Crocodiles na abertura do campeonato e repetiu o bom desempenho com um bom trabalho da defesa impedindo o forte jogo corrido dos Crocos. Mesmo assim, o time acabou sofrendo um touchdown no terceiro quarto e acabou saindo com a derrota.

Já os Black Sharks, ficaram em quarto em seu primeiro ano na Superliga Centro Sul, mas não fizeram um bom campeonato paranaense ficando fora das semifinais, perdendo para os estreantes do Bristlebacks. Além dos tradicionais mexicanos o time ainda conta com o reforço de jogadores Cascavel Oympians e Sudoeste Red Feet para a competição.

Fechando a rodada, o White Sharks Istepôs faz sua estreia em casa contra o Brown Spiders.

Embalados pela vitória contra o poderoso Timbó Rex, o WSI busca seu segundo feito no campeonato, o que pode deixar o time muito próximo da classificação. Mesmo assim, no jogo contra o T-Rex, o ataque demorou para engrenar em campo e só conseguiu a virada graças a defesa.

Pelo lado paranaense, o Brown Spiders fez um jogo truncado contra o Juventude mas acabou perdendo o jogo por um TD. Além do americano Todd Jordan, as aranha ainda tem o WR Athos Daniel Jr como destaques para a partida.

LIGA NACIONAL
Primeira Rodada – Semana 2

Pela Conferência Sudeste, os mineiros do Get Eagles e Uberlândia Lobos abrem a rodada da Liga Nacional.
O Eagles foram vice campeões mineiros em um duelo épico pelo Minas Bowl e contam com dois reforços de peso, o WR da seleção Raphael Cruz e o MVP do último TTD, o QB Álvaro Fadini.
Já os Lobos voltam a uma competição nacional após dois anos. A última foi o Torneio Touchdown 2014 onde o time terminou com uma campanha de 1-6.

No confronto matogrossense, o Sinop Coyotes recebe o Sorriso Hornets.
Pelo campeonato estadual, o time de Sinop venceu os Hornets por 29 a 14 se classificando mais uma vez para a final. Além do bom desempenho na final, ficando à 9 pontos do título, o time foi semifinalista na Liga Nacional 2014.

Repetindo o primeiro confronto dos times na temporada, Santa Cruz Chacais e Bento Gonçalves Snakes se enfrentam agora em território Santa-Cruzense.
Válido pelo Campeonato Gaúcho, o jogo foi o primeiro da história dos Snakes e terminou com um impressionante placar de 02 x 00 pros Chacais, que também os atuais campeões da Copa Sul.

Fechando a rodada, o Paulínia Mavericks fazem seu primeiro jogo oficial do ano, contra os vice campeões da Super Copa SP.
Os Lizards tiveram um ótimo começo de temporada, com feitos impressionante de sua defesa como a vitória em cima dos invictos Paulista Ocelots. Para o compor o setor o time de Leme ainda trouxe o linebacker Jeron Jones que jogou a temporada passada pelos Espectros.

CAMPEONATO AMAZONENSE
Segunda Rodada

Pela segunda rodada do Amazonense, Lobos FA e Black Hawks se enfrentam em busca da primeira vitória na competição, enquanto Cavaliers e Broncos disputam a liderança isolada.

LIGA FLUMINENSE
Segunda Rodada

Pela segunda rodada da LiFFA Full Pads, o time de desenvolvimento do Reptiles busca sua segunda vitória, em casa contra os Barões, enquanto Islanders e Oilers repetem a final da temporada 2014, quando o Islanders se sagrou campeão, ainda na modalidade No Pads.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here